quarta-feira, 11 de julho de 2012

Eu quero - Total Recall

Primeiramente, vou logo adiantando, não me simpatizo com a escolha de Colin Farrell para este filme e não me empolguei muito quando soube desta refilmagem. Colin não tem o cacife nem o carisma que Arnold Schwarzenegger tinha quando protagonizou o sucesso "O vingador do futuro", que é, na minha humilde opinião, uma das mais espertas, interessantes e divertidas ficções de todos os tempos - e só me recordo de ver algo parecido no cinema depois dele com "Minority Report", por exemplo. 

Mas, convenhamos, o trabalho da direção de arte e dos efeitos especiais parece tão ou mais competente quanto foi décadas atrás e a ação também me parece bem elaborada pelo trailer. Algumas cenas nos remetem ao cult clássico Blade Runner, pela estética do cenário - uma cidade superpopulosa amontoada de gente, com seus bazares e ateliês de alta tecnologia. Jessica Biel e Kate Beckinsale podem render coisa boa,  ao menos não parecem comprometer o resultado. O objeto estranho e deslocado do trailer é mesmo Colin Farrell.

Segue a sinopse:


Bem-vindo a Rekall, a companhia que pode transformar seus sonhos em memórias reais. Para um operário de fábrica como Douglas Quaid (Colin Farrell), embora tenha uma bela esposa (Kate Beckinsale) que ele ama, a viagem pela mente soa como as férias perfeitas de sua rotina frustrante - memórias reais de uma vida como super-espião pode ser exatamente o que ele precisa. Mas quando a operação dá horrivelmente errado, Quaid se torna um homem caçado. Perseguido pela polícia - controlada pelo Chanceler Cohaagen (Bryan Cranston), líder do mundo livre - Quaid se alia a uma rebelde (Jessica Biel) para encontrar o líder da resistência do submundo (Bill Nighy) e derrotar Cohaagen. A linha entre a realidade e a fantasia fica turva e o equilíbrio de seu mundo está em risco, à medida em que Quaid descobre sua identidade, seu amor e seu destino reais. 



TRAILER



De todo modo, espero essa versão por acreditar que possa render um bom filme de ficção e ação - se não der cria e virar uma trilogia descabida, como praticamente tudo que sai no cinema hoje em dia, amém...! 

Colin Farrell está próximo de trocar de realidade. É este ano, em agosto, quando o filme desembarcar nos cinemas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...