domingo, 5 de agosto de 2012

Batman Begins





Título Original: Batman Begins
Ano de lançamento: 2005
Direção: Christopher Nolan
Roteiro: Christopher Nolan e David S. Goyer
Elenco: Christian Bale, Michael Caine, Liam Neeson, Morgan Freeman, Gary Oldman, Ken Watanabe, Katie Holmes, Cillian Murphy, Tom Wilkinson, Rutger Hauer, Sara Stewart, Linus Roache, Richard Brake, Gus Lewis,
Sinopse: Marcado pelo assassinato de seus pais quando ainda era criança, o milionário Bruce Wayne (Christian Bale) decide viajar pelo mundo em busca de encontrar meios que lhe permitam combater a injustiça e provocar medo em seus adversários. Após retornar a Gotham City, sua cidade-natal, ele idealiza seu alter-ego: Batman, um justiceiro mascarado que usa força, inteligência e um arsenal tecnológico para combater o crime.



Origens...

Quem já se entendia por gente nos anos 1990 deve se lembrar bem das sofríveis versões cinematográficas do Batman dirigidas por Joel Schumacher. Batman Eternamente (1995) e Batman e Robin (1997), que povoaram os maiores pesadelos dos nerds por um bom tempo até que chamaram Christopher Nolan para comandar a nova adaptação. Lembro que quando começaram a sair as primeiras notícias sobre o novo filme do Morcegão, muitos fãs ficaram apreensivos e que, até então, muitos nerds se orgulhavam das primeiras adaptações do Tim Burtom (e muitos se orgulham ainda hoje). Depois de muita falação, foi lançado em 2005 Batman Begins, primeiro filme da franquia no comando do Tio Nolan. E aí sim, os nerds puderam respirar aliviados. Batman Begins, como o próprio título sugere, explora as origens do herói. Desde a tragédia que marcou sua infância, passando pelo treinamento com Ra’s Al Gul até ele colocar sua capa preta para combater o crime organizado em Gotham City.


Por que é legal?

Begins é um filme enxuto, sem megalomania e honesto. A começar pelo roteiro que explora psicologicamente o nosso herói, se preocupando em não mostrar Bruce como um pobre-menino-rico-abatido-por-uma-tragédia-familiar. O drama de Bruce Wayne é parte de algo muito maior. Bruce viu seus pais serem assassinados e fica obcecado por fazer justiça, partindo em uma viagem pelo o mundo, abrindo mão de seus recursos financeiros, para compreender o que motiva os criminosos. Bruce conhece os lugares mais imundos e sombrios, passa fome, rouba, convive com criminosos, até que um homem chamado Henri Ducard, que lhe apresenta um treinamento que irá ajudá-lo a alcançar seu objetivo. Bruce aprende a lidar com seus medos e sua raiva e se torna um exímio lutador, mas ao fim do treinamento ele descobre que Henri faz parte de uma sociedade chamada Liga das Sombras, liderada por Ra’s Al Gul (Ken Watanabe). Bruce se recusa a fazer parte da Liga e retorna a Gotham, que está tomada pela corrupção e pelo crime organizado. E com o apoio de seu mordono Alfred, seu braço direito nas Empresas Wayne Lucius Fox e do tenente Gordon, Bruce assume uma nova identidade e se torna o maior pesadelo dos criminosos de Gotham.

Batman não é um herói alieníngena, nem sofreu mutação genética, não tem super poderes, suas armas são sua própria inteligência, suas habilidades físicas e uma parafernalha de acessórios. E por baixo da armadura e da capa preta, existe um homem que sofreu com uma grande tragédia, que conheceu de perto a mais pura dor e o desespero, mas manteve inteiro para lutar por justiça. Por isso o tratamento realista e sombrio que Nolan deu ao personagem funcionou muito bem. Além de toda a complexidade do personagem, ainda somos apresentados uma cidade decadente e tomada pela corrupção. Neste sentindo, Batman Begins nos leva a refletir sobre nossos medos, sobre a justiça, sobre nossas atitudes perante uma sociedade cada vez mais carente de valores.

E mesmo com essa aproximação do mundo real e essa “pegada filosófica”, ainda existe em Begins a figura do herói que nos faz vibrar quando entra em ação. O herói apaixonado que salva a mocinha em perigo. O herói fodão que acaba com os bandidos em cenas de ação de perder o fôlego.

Elenco:

As escolhas para compor o elenco prinicipal de Batman Begins – exceto pela ex-senhora Cruise – não poderiam ser mais acertadas. Christian Bale como Bruce/Batman está excelente, seja como o frágil (sim, o considero frágil) e sofrido Bruce Wayne, que por vezes assume a personalidade de um charmoso playboy perante a sociedade, seja como o Batman, se impõe com sua força, sua capa preta e sua assustadora voz. Michael Caine, como o fiel (e divertido) mordono Alfred só tenho amor a declarar. Morgan Freeman, Gary Oldman e Liam Neeson, dispensam comentários e o jovem Cillian Murphy, empresta um cinismo encantador ao seu personagem. Katie Holmes não está a altura dos colegas, mas não chega a comprometer.

Pequenos deslizes...

Talvez o elo mais fraco desse filme esteja no romance entre Bruce e sua amiga de infância Rachel Dawes, que não arrebata. Até por que a ex-senhora Cruise não ajuda muito e o Senhor Nolan parece ter um problema com o desenvolvimento de personagens femininas. 

Há também alguns excessos nas cenas de ação, como o Bat-móvel “pulando” de telhado em telhado, mas se tratando de superproduções onde os estúdios adoram meter o bedelho no trabalho do diretor visando lucros (afinal, eles vivem disso), é compreensível. Até porque, isso jamais compromete o resultado final.


Resumo da ópera:

Batman Begins é um filme bonito, despretensioso e muito bem conduzido tecnicamente: direção, desenho de produção, fotografia, trilha sonora, montagem, tudo funciona bem, exceto por alguns equívocos que não prejudicam o resultado. Mas o mais bacana mesmo foi o tratamento realista dado ao herói. 

Cotação: 4/5

Lady Rá adora as cenas com os Morcegos e adora ver o Christian Bale com aquela capa preta. ^^


2 comentários:

  1. Esse foi o prelúdio do retorno e ressurreição de uma marca que tinha sido quase enterrada por "hagadas" anteriores....Obrigado Cristofer Nolan...

    ResponderExcluir
  2. Ao contrário da maioria das pessoas, considero este o melhor da série. Curti demais esse filme.

    ResponderExcluir

Gostou? Não gostou? Sugestões? Críticas? Essa é a sua chance de dar a sua opinião porque ela é muito importante para nós! Seja educado e cortês, tenha respeito pelo próximo e por nós, e nada de ofensas, tá? Esse é um espaço democrático, mas comentários ofensivos serão excluídos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...