domingo, 16 de setembro de 2012

Trilha Sonora - Contato - Alan Silvestri




A trilha completa de Contato, (1997) filme de Robert Zemeckis com Jodie Foster no papel principal, abre bem com a curta e sensível "Life Out There". Aliás, uma das características da trilha sonora é que ela é composta por faixas pequenas, muitas com menos de dois minutos, mas com o mesmo tema praticamente em todas elas, só que com uso de instrumentos diferentes aqui e ali: isso seria repetido por Silvestri em mais uma parceria com o diretor Robert Zemeckis em "O naufrago". 

É o tipo de trilha que passa rapidinho. A beleza das notas da primeira faixa se estende pela segunda, "Awful Waste of Space", com o tom das duas retornando na terceira em um instrumento de sopro, e notas de piano e violino em "Close, for a moment". O drama surge na quarta faixa, "Heart Attack", e a quinta, um interlúdio, reprisa os temas anteriores. A faixa "Ellies Bogey" é tensa, do tipo que só Alan Silvestri consegue compor, e parece usar um baixo eletrônico. É uma faixa mais vibrante, voltada para a ação. Soa deslocada dentro do composto da trilha, mas é essencial para o filme.

"Signal Lost" é mais uma passagem, tão pequena que é imperceptível, assim como "Discovery". Pulei "Message in German", que é sombria, sem personalidade. Me lembrou um pouco alguma faixa de "O segredo do Abismo", da qual Silvestri também é autor. 

"The Primer". Genérica, lembra filme de suspense ou terror. "Really Confused" é linda, dando ao tema central o uso, agora, depois de piano e sopro, instrumento de sopro e de cordas. Melódica, dramática e sensível, para lacrimejar. "A question of belief" é outra faixa linda. Sem mais. Ela recupera o tema apresentado na primeira faixa, introduzindo "Media Event", com final cabível a um filme épico com tom de patriótico (o mesmo pode ser notado em "Button me up"). "Test Run Bomber" é diferente, parece desconectada do todo e não funcionou para mim. O mesmo vale para a tenebrosa e estranha "Wanna take a ride""unexplainable". Silvestri se recupera em "Passenger aboard", num tipo de faixa que misteriosa, que nos remete a uma aventura espacial, bem como "Good to go"que parece uma marcha militar. A característica aquosa de sintetizadores para gerar sons estranhos alienígenas vem em "First Wormhole Passed" e "Second Wormhole Passed", como se música e filme estivessem em um só arquivo: a música auxilia nos efeitos especiais desse momento.

Há contudo, uma ressalva. Contato é uma trilha sonora que funciona e passa bem fora do filme, mas dentro dele às vezes soa deslocada - há momentos em filmes em que é preciso esquecer a trilha, salientando apenas as emoções genuínas de seus personagens. "No Words", "Small Moves" por exemplo, são vítimas disso. São lindas, mas são dramáticas e clichês, feitas para provocarem lágrimas no espectador, porque vem justamente na cena de encontro entre a personagem e aquilo que ela tanto procurava.

"End credits" é simplesmente soberba, a melhor da trilha. Emocionante, nos trás eco até da trilha de Forrest Gump. É uma viagem musical, doce, sensível, relaxante. Com seu piano agradável, notas de flauta, ela fecha o composto, que é sólido e consistente, mas se prejudica pelas duas faixas anteriores, que trazem o mesmo tema (e que poderiam ser subtraídas que não fariam nenhuma falta). 

Falta a Contato também um tema de impacto. É uma trilha linda, que passa bem, mas seu tema não gruda na cabeça como os temas criados pelo compositor para "Predador" e "O náufrago".

Cotação: 3,5/5

Faixas:

1 - Life Out There
2 - Awful Waste Of Space
3 - Close...For A Moment
4 - Heart Attack
5 - 'Dad, Are You There'
6 - Sunset Meditation
7 - Ellie's Bogey
8 - Signal Lost
9 - Message In German
10 - Discovery
11 - The Primer
12 - Really Confused
13 - A Question Of Belief
14 - Media Event
15 - Test Run Bomber
16 - Wanna Take A Ride
17 - Passenger Aboard
18 - Button Me Up
19 - Good To Go
20 - First Wormhole Passed
21 - Second Wormhole Passed
22 - No Words
23 - Small Moves
24 - Unexplainable
25 - I Believe Her
26 - Precious Grains/Dedication
27 - End Credits



OBS: a versão mais conhecida da trilha traz apenas 13 faixas e a duração em virtude disso é mais compacta (cerca de 45 minutos). Apesar da duração menor, não há alteração na qualidade das músicas compostas por Silvestri nem no conjunto da obra. As faixas estão divididas da seguinte forma:

1. Awful Waste Of Space (01:41)
2. Ellie's Bogey (03:23)
3. The Primer (06:19)
4. Really Confused (01:18)
5. Test Run Bomber (04:25)
6. Heart Attack (01:29)
7. Media Event (01:24)
8. Button Me Up (01:18)
9. Good To Go (05:11)
10. No Words (01:42)
11. Small Moves (05:35)
12. I Believe Her (02:31)
13. Contact - End Credits (07:58)



End Credits

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Não gostou? Sugestões? Críticas? Essa é a sua chance de dar a sua opinião porque ela é muito importante para nós! Seja educado e cortês, tenha respeito pelo próximo e por nós, e nada de ofensas, tá? Esse é um espaço democrático, mas comentários ofensivos serão excluídos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...