sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Armageddon - 1998 (Armageddon - 1998)



Título Original: Armageddon
Ano de lançamento: 1998
Direção: Michael Bay
Roteiro: J.J. Abrams, Jonathan Hensleigh, Robert Roy Pool, Shane Salerno, Tony Gilroy
Elenco: Michael Clarke Duncan, Ben Affleck, Liv Tyler, Bruce Willis, Owen Wilson, Billy Bob Thornton
Sinopse: Após uma chuva de pequenos meteoros que atingem a Terra (incluindo Nova York), a NASA se dá conta de que um asteróide do tamanho do Texas está em um curso de colisão com o nosso planeta. 
Se o choque acontecer, qualquer forma de vida deixará de existir na Terra, exatamente como o que exterminou os dinossauros 65 milhões de anos atrás. 
Restando apenas 18 dias para o choque, a única solução possível é enviar astronautas em um ônibus espacial até a superfície do asteróide e lá perfurar 800 pés para colocar um bomba nuclear, detonando-a por controle remoto. 
Para cumprir tal missão é convocado o mais famoso perfurador de petróleo (Bruce Willis) a grandes profundidades do mundo, que exige formar sua equipe com técnicos que têm um comportamento nada convencional para os padrões do governo.



Por Tia Rá

Ação, emoção, suspense, horror, ficção, comédia, drama mexicano e efeitos especiais se misturam nesse que é um dos melhores filmes da história do cinema. SÓ QUE NÃO, MEU POVO! kkkkkkkkkk Tia Rá mais uma vez é chamada com urgência do além especialmente para dar um monte de sapatada nessa porcaria de quinta categoria do meu, o seu, o nosso, MICHAEL BAAAAAAAAAAY!

Sobe a trilha sonora histérica, coloca o protetor auricular, arrasa na câmera lenta, fotografa o pôr-do-sol e VEM COMIIIIGGGOOOOOO!!!

O filme é sucesso, minha tia! Para de implicar com o tio!
Armageddon, meus queridos bebês, é o que acontece quando você tem 200 milhões de dólares e é INCAPAZ de fazer um bom filme, vocês entendem a situação? É inegável que o filme foi um sucesso no mundo - uma bilheteria de pouco mais de 550 milhões - mas é inegável também que quando o filme estreou nos EUA devido a recepção péssima, os produtores ficaram com o redondo piscando que nem letreiro de motel barato de beira de estrada. Sabem por quê?

Porque Armageddon nasceu no mesmo cesto de porcarias como John Carter, Príncipe da Pérsia (olha a Disney de novo fazendo cagada, gente!), ou Batalha Naval e derivados de mentes doentias enlatados para o público. São filmes completamente vazios de conteúdo, de drama, produções caras recheadas de efeitos especiais e investimentos que os produtores acreditam recuperarem facilmente - quando as bilheterias acabam demonstrando o contrário. A crítica fez o filme de saco de pancadas, reduzindo essa porcaria a cinzas (você já viu isso antes...). No primeiro fim de semana, o filme não conseguiu sequer 40 milhões de dólares. No segundo quase caiu pela metade. As cotações da Disney DESPENCARAM amargamente. Começou um desespero para salvar a fita do fiasco retumbante e do prejuízo que já aparecia no céu tal qual uma bola de fogo pronta para fulminar o planeta Terra: tentaram vender o filme como uma história de amor no fim do mundo, como filme catastrofe, como drama, como ficção, como novela mexicana, como Globo Reporter e capítulo da National Geographic. O que pintasse de ideia, eles tentavam. Não ajudou em nada o fato de Bruce Willis estar se separando na época de Demi Moore, o que desviou toda a atenção do filme para as revistas de fofocas. O jeito encontrado foi apelar em cima da imagem do astro e atacar em todos os públicos com marketing maciço para a gurizada e os aborrescentes naquele que poderia se tornar o maior fracasso da Disney de todos os tempos! Ou seja, melhor sair cagado do que morrer limpinho, né Tio Bay?!

Será que é tão ruim assim, tchia! Dá um desconto!
Ruim é a Tia Rá aqui. O filme está ali, no mesmo nível que Godzilla, do Emmerich, sabe gente? Não tinha roteiro, então Tio Bay disse "Galera, vamos improvisar, cada um vai falando o que quiser e pronto!". Sim, porque o roteiro em determinado momento do filme, simplesmente, virou um parque de diversões com uma montanha russa completamente desgovernada! Bay começou a entender que para melhorar a dinâmica do grupo, tinha que permitir que os atores simplesmente fossem eles mesmos, sabe? O resultado é uma sopa amarga impossível de digerir. J. J. Abrams (jamais o perdoarei por estar envolvido nisso) e outras oito mãos fazem algo bizarro: coloca Bruce Willis, como chefe de uma plataforma de petróleo e seu grupo de idiotas inexperientes para treinarem rapidamente na NASA (CÊJURA?), desembarcarem no meteoro (Oi?) e o explodirem (Hã?), salvando a Terra (sério?). The End (WHAT?). 

E os atores, tchia? Comofas?
Meu bem, quando você tem um meteoro que atua melhor do que o ator em cena, só pode ser um sinal do fim dos tempos mesmo! Há cenas em que os atores simplesmente estão rindo de tudo aquilo, como se estivessem torrando os milhões investidos no filme dentro de um parque de diversões. E pelamordeDeus, de quem foi a ideia de matar o personagem de Bruce Willis para deixar viver aquela porcaria do Ben Affleck vivo com a múmia da Liv Tyler? Não deu outra! Indicações ao Framboesa de Ouro de pior direção, pior canção, pior filme, pior dupla  (Ben Affleck e Liv Tyler), pior roteiro, pior ator (Bruce Willis, vencedor do prêmio) e pior atriz coadjuvante (Liv Tyler). Merecia levar todas para casa! LOL!

Cotação: 0/5


Tudo isso para dizer que Michael Bay usa dez pôr-do-sol, quatrocentas explosões, 1500 tomadas de efeitos especiais, 20 cenas em que é impossível saber o que está acontecendo na tela, efeitos sonoros ensurdecedores, uma trilha sonora doentia, quinhentas sequências de câmera lenta e um time de atores vagabundos - para mandar Nova York, o meteoro, metade do planeta Terra e sua paciência PELOS ARES nessa milionária bagaceira trash de quinta categoria. Não sou obrigada, gente. Sorry.

TRAILER




5 comentários:

  1. Só para constar, Lady Rá concorda com tudo em gênero, número e grau. E assina embaixo!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lady Rá, que prazer ter você por aqui, minha irmã! Adorei sua foto, tá gata, tá múmia, tá Charlize, tá a cara da Xôxa tomando banho de Monange. #honestidade

      Excluir
    2. poxa você acha que esse filme ñ saiu como esperado ?......pois sera que tem algum filme de catastrofe com ação de alto orçamento ñ tenha sido visto ate pelos criticos ? se vcs assistiram então o filme saiu como esperado pois ele o diretor só quer fazer dinheiro e conseguiu , não tinha pretenção nunhuma de oscars ou vcs acham que o astro principal de transformers ( optimus prime ) quer um oscar ou ate mesmo bruce willis, ñ ... ao que se propos ( explosões e comedia ) ele cumpriu ...

      Excluir
  2. poxa você acha que esse filme ñ saiu como esperado ?......pois sera que tem algum filme de catastrofe com ação de alto orçamento ñ tenha sido visto ate pelos criticos ? se vcs assistiram então o filme saiu como esperado pois ele o diretor só quer fazer dinheiro e conseguiu , não tinha pretenção nunhuma de oscars ou vcs acham que o astro principal de transformers ( optimus prime ) quer um oscar ou ate mesmo bruce willis, ñ ... ao que se propos ( explosões e comedia ) ele cumpriu ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI, Naja! Tudo bem?

      Assim, a questão é que não precisa ser tão, MAS TÃO RUIM, né? Dá pra ser na média, por exemplo. E Transformers, o primeiro, é legal, sem dúvidas. Já as continuações....

      O cinema tem uma série de filmes pipocas legais, destinados apenas ao entretenimento, é só garimpar que a gente vai achar, com personagens interessantes, tramas idem, que agregam valor ao festival de efeitos especiais.

      No mais, obrigado pelos comentários!

      Abraços,

      Tia Rá!

      Excluir

Gostou? Não gostou? Sugestões? Críticas? Essa é a sua chance de dar a sua opinião porque ela é muito importante para nós! Seja educado e cortês, tenha respeito pelo próximo e por nós, e nada de ofensas, tá? Esse é um espaço democrático, mas comentários ofensivos serão excluídos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...