quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Highlander O guerreiro Imortal - 1986



Título Original: Highlander
Ano de lançamento: 1986
Direção: Russell Mulcahy
Roteiro: Gerry Fisher, Gregory Widen, James Acheson, Larry Ferguson, Peter Bellwood
Elenco: Christopher Lambert, Clancy Brown, Sean Connery
Sinopse: Connor MacLeod (Christopher Lambert), um guerreiro escocês do século XVI, é imortal e, após algum tempo, encontra Juan Ramirez (Sean Connery), imortal como ele. 
Ramirez o ensina a manejar uma espada, pois a única forma de matar um imortal é cortando sua cabeça. 
Após alguns séculos, surge um inimigo, imortal como ambos, que pretende decapitar Connor, para se tornar o único imortal da face da Terra.


Só pode haver uma! A Tia Rá!

Gente, estou com lágrimas nos meus olhos, relembrando da minha querida infância neste momento... me recordando dos momentos de amor em família que eu tinha com minha irmã Lady Rá, sabe... quando eu pegava um cabo de vassoura, fingia que era uma espada, fazia a Highlander e quebrava ela toda de porrada!!! Só podia haver uma diva, e tinha que ser eu, gente!!! HAHAHAHA!

Agora, tia Rá vem aqui revisitar esse clássico trash absoluto da sessão da tarde, “Highlander”, que marcou a infância e a aborrescência de muita gente. Um filme bem podrinho, bem básico, tosco de doer, mas com uma trilha sonora excelente - quem não se lembra de "Who wants to live forever" do Queen tocando no filme, já pode se matar, tá? Grata.

SOBE!

A ideia do filme sempre me chamou atenção positivamente. Porque vocês já sabem, Tia Rá dá a Cesar o que é de Silvio. Quem não quer viver eternamente, né? Ver o mundo mudar, cidades mudarem, tecnologias se inventarem, vagar pelo mundo, por aí, vendo o povo morrer e você nem aí! Olha que tudo isso?! EU QUERO! Mas viver eternamente implica uma série de problemas e aquilo que você achava que era dom, meu bem, vira uma praga! Você vê a filha da vizinha embarangar, sua mãe, seu pai, seus irmãos, seus filhos, seus netos, seus bisnetos, seu cachorro, papagaio, seu cágado, TODO MUNDO MORRER e você ali com aquela mesma cara de sempre vendo tudo nascer e desaparecer gente, tudo chegar e ir embora! #MUITOTENSO! 

DESCE!

Olha gente, pra alguém conseguir ver o filme hoje até o final tem que ter muita saudade e boa dose de paciência, né... vamo' combiná... Porque Highlander é um desses casos de filme que envelheceu 35000 anos em 25, sabe? Tá tudo muito TENSO! Nada se compara a força da pobreza de interpretações dos atores nessa bagaça! Comolidar com Christopher Lambert, de peruca ordinária, olhos tortos, péssimo ator que é, entoando diálogos pobres horrorosos e seduzindo uma geração de meninas retardadas like me, meu povo? AMOR ETERNO define! E o Sean Connery, gente, pagando um mico monstruoso naquele figurino vagabundo? ADORO todo esse carnaval!!!! Nada melhor do que um vilão trash a altura disso tudo, como Viktor Kruger, punk, drogado, careca e com dentes horrorosos rindo o tempo todo, querendo cortar a cabeça do Highlander para reinar como uma diva absoluta na Terra!!! 

Os efeitos especiais se transformaram em um composto sem comentários. Hoje parecem ter sido fabricados em uma empresa de fundo de quintal. A montagem do filme transformou a coisa toda num troço difícil de digerir: tome dublês aparecendo em cena, tome cabos aparecendo na tela enquanto seguram os atores, tome isopor voando pra tudo quanto é lado. O filme vai e volta no tempo, apresenta gente que entra e sai sem nem dizer obrigado - apenas pra morrer cumprindo tabela (rindo desesperadamente). E a touca de pintar cabelo tosca do vilão pra fingir que é a careca gente? COMOLIDAR? Ah, tem o final, com aquela animação de efeitos especiais TENSA! É muito amor nessa bagaça!

Highlander é essa essência trash anos 80... mas confesse, a gente se divertia com essa bagaça, né produção? Queira você ou não, o guerreiro cumpriu o que prometeu porque Highlander, nesse filme capenga que só ele, virou clássico e vive eternamente!

Cotação: 5/5

Porque clássico trash com a tia Rá tem vez!!! Fuja das continuações horrorosas e prefira o original para dar boas risadas e curtir a trilha sonora que é tudo de bão! 




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Não gostou? Sugestões? Críticas? Essa é a sua chance de dar a sua opinião porque ela é muito importante para nós! Seja educado e cortês, tenha respeito pelo próximo e por nós, e nada de ofensas, tá? Esse é um espaço democrático, mas comentários ofensivos serão excluídos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...