segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Invasores - 2007 (The invasion - 2007)



Título Original: The Invasion
Ano de lançamento: 2007
Direção: Oliver Hirschbiegel
Roteiro: Dave Kajganich
Elenco: Nicole Kidman, Daniel Craig, Jeffrey Wright
Sinopse: A colisão de um ônibus espacial faz com que algo alienígena penetre em seus destroços, sendo que todos que entram em contato mudam de maneira inexplicável. A psiquiatra Carol Bennell (Nicole Kidman) e seu colega Ben Driscoll (Daniel Craig) descobrem que a epidemia alienígena ataca suas vítimas quando elas estão dormindo. A epidemia não altera fisicamente suas vítimas, mas faz com que as pessoas fiquem insensíveis e sem qualquer traço de humanidade. À medida que a epidemia se espalha fica cada vez mais difícil saber quem está infectado. Para sobreviver Carol precisa ficar acordada o maior tempo possível, para que possa encontrar seu filho.


Por Tia Rá

Olha, gente, o caso de análise clínica cinematográfica aqui em questão é gravíssimo e para isso eu tive que tirar os dois sapatos salto 25 de vez pra descer a tamancada nessa porcaria. O lixo apresentado a seguir é o resultado direto de muita gente metendo a mão onde não deve, entende? Não entende? Ok, a parapsicóloga médium cabocla produtora de cinema parteira umbandista e diva do Senhor Jesus Dra Tia Rá vai explicar tim tim por tim tim essa tragédia para você!!!

Faz cara de nada e finge que tá interpretando, toma uma dose extra de arrebite pra não dormir, chama o James Bond e VEM COMIGOOOOOOOOO!!! 

Como fazer uma aberração cinematográfica?

Vamos seguir os 5 passinhos da Tia Rá, meus bebês?

1: Você é produtor da bagaça, e apesar de ter no seu currículo preciosidades da ação e ficção como O predador e Matrix nas costas, finge que não entende nada de cinema e briga com o diretor porque a versão que ele fez você simplesmente... não gostou!!! (Cêjura, tia?) Claro que juro! É MAMATA! Sempre dá certo!

2: dispense o roteiro, oras! Pra quê roteiro em um filme? WHY? Você só precisa de uma atriz com a cara toda cheia de botox sem conseguir fazer expressão facial e TUDO VAI DAR CERTO! Sim, jogue fora essa coisa chamada roteiro! Corte, limpe sua bunda! Se livre dele! Porque apesar de ter uma ideia boa e ser baseado numa obra sólida que já rendeu 3 (TRÊS) versões para o cinema, de um idiota roteirista pobre coitado que se matou para dar o seu melhor com algo mais elaborado - e apesar de você ter um diretor competente (que você dispensou, se lembre!) - o roteiro também não presta porque... porque não tem ação (ooooooooooooooi?). E um filme caro precisa de ação pra se pagar, né produção? Quédizê... na sua cabeça, que é o produtor da bagaça, sim. 

3: chame outro diretor, pior do que aquele que você dispensou. É balela. Chame dois novos roteiristas para meterem a mão e salgar ainda mais esse angu cheio de pedra e caroço.

4: chama uma atriz para ser protagonista que quando quer fazer bonito, faz, mas não chama público algum.

5: mude várias vezes a data de estreia, até porque você não sabe o que fazer com esse filho bastardo que você ajudou a criar. Tá se arrependendo? Tá com dor de cabeça? Se livra dele de qualquer modo! Embala do jeito que tá e VAI NA FÉÉÉ!

Seguiu os passinhos direitinho? O que temos agora, produção? Invasores. Um filme de roteiro mais esburacado que a lua, doente de esquizofrenia, que tenta se levar a sério, de atuações vagabundas, e que parece que  tenta nadar, se debate, não consegue e não morre na praia - morre muito antes mesmo, afogado no meio do mar de idiotices porque não sabe nadar.

Nicole Kidman é um problema. Nunca pensei que eu, tia Rá, fã dessa loka aloprada, ia pensar isso. Mas Nicole encheu tanto a cara de botox que olhar para ela assusta, meu povo! Parece a múmia do meu marido, que é que isso, gente?! Não sou obrigada! A mulher não consegue fazer uma expressão facial (oi?), quando ela tenta abrir os olhos, parece que sua pele vai rasgar (sério?), toda esticada (OMG!) Não há rugas naquela cara de quem tomou um choque elétrico de 220 volts e que desperta risos involuntários. E comolidar com Kidman fazendo brincadeira de morta viva por causa do roteiro para se disfarçar no meio da multidão, meu povo? É pra rir ou pra chorar desse micaço? E o que é aquela cena que ela encontra a amiga já infectada e arregala os olhos? VOMITEI!

E tem o Daniel Craig, né gente? O cara é bom ator, mas o filme conseguiu a proeza de enfeiá-lo e de transformá-lo em um paquiderme, atuando arrastadamente. Inexpressivo é o Jeremy Northam, que antes da contaminação pelo vírus alienígena parece uma porta vagando de um lado para outro e depois da contaminação... sei nem como qualificar. Mas é o roteiro o destaque dessa escola de samba, né meu povo?

Filme de epidemia alienígena. Cadê a paranoia? Cadê a loucura? Cadê o caos? Cadê a correria, o drama, o suspense, o horror, o medo, cadê Contágio, Ensaio sobre a cegueira (Julianne Moore, querida, me socorre aqui), alguém? Cadê a crítica social, a metáfora, ela se diluiu nos vômitos? O filme tá parado, você tá dormindo? Alguém começa a correr - tem sempre alguém pra correr nessa hora -, alguém tem que explicar tudinho - com gráfico na tela em efeitos especiais bem vagabundos (!) -, porque o espectador é burro, sabe gente? Ele engole qualquer porcaria mesmo. 

É coadjuvante que chega de uma hora para outra de paraquedas e resolve tudo, é protagonista que vira piloto da Nascar, é cena de metrô com brincadeira de lançamento de vômito a distância. Ah, tem que matar alguém aqui, alguém tem que se matar acolá, botar uma reviravolta pra dar aquele clima de surpresa, fim. O QUE É ISSO? Esse povo todo andou se drogando, minha gente? 

Dedo médio pra essa coisa.

Cotação: 0/5

Sapatadas da Tia Rá até reduzir essa porcaria a cinzas. Grata.

TRAILER


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Não gostou? Sugestões? Críticas? Essa é a sua chance de dar a sua opinião porque ela é muito importante para nós! Seja educado e cortês, tenha respeito pelo próximo e por nós, e nada de ofensas, tá? Esse é um espaço democrático, mas comentários ofensivos serão excluídos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...