quarta-feira, 17 de outubro de 2012

X-Men Origens - Wolverine - 2009 (X-Men Origins Wolverine - 2009)



Título Original: X-Men Origins: Wolverine
Ano de lançamento: 2009
Direção: Gavin Hood
Roteiro: David Benioff, Len Wein

Elenco: Hugh Jackman, Lynn Collins, Liv Schreiber, Ryan Reynolds, Kevin Durand, Danny Huston

Sinopse: Após o sucesso da franquia 'X-Men', 'X-Men - Origens: Wolverine' escrito por David Benioff chega para conta a história do passado violento e romântico de Wolverine, de seu complexo relacionamento com Dentes de Sabre, e do ameaçador programa Arma-X. 
Wolverine encontra muitos mutante pelo seu caminho, tanto familiares quanto novos, incluindo aparições surpresas de várias lendas do universo dos X-Men.



Por Tia Ráposa Prateada

Olha, quando me chamaram para distribuir sapatadas e tocar o terror no blog, eu deixei logo claro uma coisa para a minha irmã, minha sobrinha e o meu querido Jason: quando vocês quiserem falar de um filme chamado X-Men Origens - Wolverine, meus amores, me chama porque o salto agulha de 25 cm do meu sapato importado já tá afiado pra eu distribuir porrada nessa porcaria, ok?

Pois bem, chegou a hora da Revenge of the Tia Rá, gente! Bota as garras de fora, capricha na cabeleira e na cara invocada, apela pelo fator de cura (você vai precisar depois de tanta pancada) e VEM COMIGOOOOO!!!!

Por que eu tenho que ver isso?

Bebês, tem um dos personagens favoritos dos quadrinhos, um dos favoritos da Tia Rá aqui e o meu, o seu, o nosso, Hugh Jackman! OH MY GOD! #excitada! Aquele pedaço de mal caminho, todo trabalhado na musculatura, na beleza, no charme, no suor, na violência!!! Me pega, me joga no chão, me bate, me espanca, me chama de Raposa Prateada, Hugh! VEMNIMIMQUEHOJEEUTOUFÁCIL! Delirei. Tô toda babada. Ok, parei.

Hum... Você não curte o Hugh? Er... Tem o opcional inferior, tipo popular, que vem depenado feito frango de quintal, entende? O Gambit, com o ator mais flopado do mundo, o frangote Taylor KitszzzZZZzzzz ROINC, alguém arrisca? Gosto de todos os X-Men, curto o Gambit, sabe... Mas Taylor, gente... Taylor. OI? Só com muito diazepan pra descer. 

Por que não perder meu precioso tempo com isso?

Gente, sabe quando você tem nas mãos 150 milhões de dólares e não sabe o que fazer com isso? Claro que você não sabe, você nunca teve nem nunca vai ter HAHAHA. Mas o estúdio Fox achou que valia a pena dar esse dinheiro nas mãos de gente inexperiente, nas mãos de produtores que queriam meter o dedo no bolo e olha só o que deu? O bolo solou!!!

O personagem Wolverine nunca teve um começo, uma origem definida nos quadrinhos - como visto no primeiro X-Men O filme,  o que sempre foi uma de suas características mais marcantes. O fato de não ter um passado definido dá a ele condições peculiares, infinitas possibilidades de tramas e muito mistério. Mas alguém muito idiota nesse mundo achou que deveria criar uma origem para ele nos quadrinhos. Pior, alguém muito mais idiota levou essa ideia retardada para os cinemas. O resultado é um festival de clichês horrorosos recheado de efeitos especiais ordinários: do ator mirim horroroso que interpreta Wolverine na infância, passando pela Equipe X com seus personagens unidimensionais e chegando ao clímax final que é sem dúvidas um dos mais vagabundos da história do cinema. Quando tia Rá aqui terminou de ver essa tragédia, estava chocada e correndo para o terreiro de macumba para despachar todos os produtores e roteiristas dessa porcaria para o inferno só com passagem de ida e SEM ESCALAS! PELAMORDEDEUS, não sou obrigada!

E ainda tem o Ryan Reynolds como Deadpool, gente, essa porta cheia de piadinhas sem graça cujo destino é tosco e merecidamente trash. COMOLIDAR? Oh, WAIT! Eu já ia esquecendo... O filme nos presenteia com momentos de total constrangimento do roteiro: um prólogo mal filmado, com ares de novela Mutantes da Record, e a forma como a Equipe X de Stryker precisam mostrar seus poderes de maneira maniqueísta e tola, sem nenhuma contextualização - só me recordei dos piores momentos do filme Street Fighter ou Mortal Kombat (alguém recorda?). 

Quando o filme tenta criar algum drama (Raposa Prateada, amiga, se mata!), vem um helicóptero desgovernado, vem uma bomba, vem uma moto, um tiro, uma explosão, um murro, um voo, uma cena de ação do meio do nada e WHATARÉÉÉÉU! - liquida qualquer oportunidade de desenvolver algo decente! Não há questionamentos sobre a natureza hostil do personagem, o drama sobre o sofrimento de ser um mutante é capenga, não é explorado o fardo que Wolverine tem que carregar por ser uma espécie de Frankenstein, - trocando em miúdos, um ser, uma coisa que foi construída por um cara maluco. Tudo é resumido a séries de piadas idiotas, brigas, correrias, diálogos vagabundos e ameaças de morte vazias.    

Não vou falar da quantidade de gente que chega e sai sem ter o que fazer - a piriguete da Emma Frost serviu para quê mesmo? Pra ser irmã da Raposa, é isso mesmo produção? Explica melhor porque meus óculos de sete graus de miopia ainda estão tentando descobrir... É tudo resumido a uma necessidade neurótica dos produtores do filme de faturarem em cima de derivados dele. Devemos comentar a cena de Wolverine com Gambit, brigando naquele beco e destruindo... uma escada? E a maquiagem porcalhona do Blob? E o Dentes-de-sabre, gente? Como lidar com um ator como Liev Schreiber resumido a fazer macaquices com dentes de vampiros na boca? Cadê a produção? Cadê direção de atores, gente?!  Todo o constrangimento define! Não há drama (Raposa Prateada, amiga, já falei pra se matar?!). Não há suspense. Não há tensão. Só há ação descerebrada e uma explosão de testosterona vazia que deixaria Rambo morto de vergonha - porque ação sem filosofia, meu bem, não tem função alguma nesse mundo cinematográfico de meu Deus! 

Uma voadora da Tia Rá estilo Anderson Silva com sapatada na cara de quem permitiu essa coisa existir.

Cotação: 0/5

Não tem ação nem 150 milhões de dólares que segurem uma porcaria monumental como essa. QUEIMA JEOVÁ!

TRAILER

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Não gostou? Sugestões? Críticas? Essa é a sua chance de dar a sua opinião porque ela é muito importante para nós! Seja educado e cortês, tenha respeito pelo próximo e por nós, e nada de ofensas, tá? Esse é um espaço democrático, mas comentários ofensivos serão excluídos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...