quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Top10 – Telefonemas Malditos




Sabe aquela hora mais inconveniente para o telefone chamar? Aquela pessoa insuportável que você não tem vontade de atender? Pois se você acha que essas ligações são incômodas e chatas, é por que você nunca recebeu ligações como as que Ravenna Hannibal listou abaixo, dear. Empolgadíssima (e com os dois pés atrás) com a notícia de que será adaptado para as o livro “Celular” do Stephen King (no qual todo mundo que atende o celular, vira uma espécie de zumbi assassino), um dos preferidos de Rá Hannibal do King, fiz uma listinha de 10 filmes (bons, medianos e ruins) onde uma chamada ao telefone pode ser fatal:

1 – Disque M para Matar (Dial M For Murder, 1954)      
                                                          
Nesse clássico absoluto do mestre Hitchcock, dois telefonemas são fundamentais para o desenrolar da trama: Em um, o desafortunado Charles Swann atende uma ligação que será seu atestado de encrenca level 1000, onde se envolverá num assassinato. A segunda chamada telefônica é o que provoca tal assassinato. Pra que ligações mais malditas do que essas? Claro, além de ser uma obra prima do suspense, o que a faz encabeçar a lista com dignidade.

2 – Por um Fio (Phone Booth, 2002)

Joel Schumacher não é dos nossos preferidos não sabe? Tem muita presepada na carreira. Mas talvez um dos seus filmes mais aclamados – apesar de defeitos básicos no argumento  - tenha sido Por um Fio (na minha opinião, uma das poucas traduções de nomes que não é fiel e é genial, o trocadilho foi inspirador). O maior mérito do filme é se passar praticamente inteiro numa cabine telefônica. Na trama, Stuart 'Stu' Shepard (Colin Farrell) é um publicitário que trai a esposa, e para falar com a amante, usa o mesmo telefone público. Numa dessas ligações acaba refém de um cara que está falando com ele ao telefone. Na sequencia de acontecimentos, não se sabe o que esperar. A única coisa da qual temos certeza é que definitivamente, essa foi uma ligação maldita.

3 – O Chamado (The Ring, 2002)

E qual de nós, cinéfilos, imaginaria que assistir a uma compilação de imagens numa fita de vídeo que parece ter saído de outra colaboração entre Luiz Buñuel e Salvador Dali (vide Um Cão Andaluz) poderia te matar sete dias depois? Bem, desavisados nós não ficaríamos, afinal o motivo de “O Chamado” estar nessa lista é a ligação que receberíamos logo depois que assistíssemos o pertubador tape. O telefone toca e você atende, então ouve uma voz de menina dizendo “Seven Days”. Sete dias até que Samara Morgan (minha meia-irmã morta, outra bastarda de Lady Ravenna Morgan) venha te matar!

4 – Pânico (Scream, 1996)
 
Um dos mais clássicos filmes de terror adolescente do subgênero slasher, Pânico fez sucesso por fazer referencias e satirizar o estilo do qual fazia parte. Uma das marcas do assassino mascarado com uma “Ghostface” é ligar para suas vítimas e fazer perguntas sobre clássicos do terror. Apesar de nem sempre usar isso, a franquia de Wes Craven fez com que muitos ficassem apreensivos antes de atender telefonemas – com uma cena inicial como aquela do primeiro filme, quem não ficaria? Eu!

7 – Corra, Lola, Corra (Run, Lola, Run – 1998)

Ao receber um telefonema frenético do namorado dizendo que perdeu uma pequena fortuna do chefe que é um criminoso e precisa repor o dinheiro em 20 minutos, Lola (Franka Potente) sai correndo. E corre. Essa foi uma ligação maldita, definitivamente. Pelo menos uma certeza a Lola tinha: Não engordaria pelo que comera naquele dia.

6 – Controle Absoluto (Eagle Eye, 2008)

DJ Caruso se mete em projetos com enredos geralmente bobos e com roteiros ruins (e quando a idéia era boa ele estraga). Mas em Controle Absoluto ele se demonstra competente como diretor, criando sequências ininterruptas de ação muito bem orquestradas que fazem a gente ignorar o quão ruim é o roteiro. Mas a premissa interessante é o motivo desse filme estar aqui: Jerry Shaw (Shia LaBeouf) e Rachel Holloman (Michelle Monaghan) não se conhecem, até que um telefonema feito por uma mulher desconhecida os une. Ameaçando a vida de ambos e de suas famílias, a voz utiliza a tecnologia do dia-a-dia para rastrear e controlar todos os seus movimentos. Logo eles se tornam os fugitivos mais procurados do país, precisando se unir para descobrir o que realmente está ocorrendo. Isso que é ligação maldita! 

7 – Uma Chamada Perdida (One Missed Call, 2008)

Outra refilmagem de terror asiático. Dessa vez a ligação é assustadora. Você acha uma chamada perdida no seu celular, quando ouve a mensagem, tudo o que você escuta é o som da sua morte. Um charme não? Você morre depois, exatamente como você ouviu.

8 – Quando um Estranho Chama (When a Stranger Calls, 2006)
Geralmente quando se faz um remake de um filme, é de um ótimo filme. Mas fizeram um remake de um filme ruim, e ao invés de melhorarem a história, pioraram. Uma pena, pois a premissa é interessante: Jill Johnson (a fraquíssima Camilla Belle) esta tomando conta de crianças dormindo numa casa maravilhosa (que oh! Usa sensores como interruptor, o que DEVERIA causar tensão). Então começa a receber ligações estranhas que a assustam. Quando resolve chamar a polícia, descobre que as chamadas são vindas de dentro de casa. Ahh essas ligações hein!

9 – A Chamada (Echelon Conspiracy, 2009)


E já que estamos falando de filmes que não são originais, eis que me surge essa pérola. Veja bem: O argumento básico é praticamente IDENTICO ao de “Controle Absoluto”. O roteiro é até um pouco mais amarrado – só um pouco. Mas até a solução do negócio é parecida. Se unissem esse roteiro, com um pouco da idéia inicial de Controle Absoluto e a direção ágil do DJ Caruso, seria um filme bem melhor. Mas a produção e falta de originalidade colocam-no numa escala abaixo do filme anterior, lançado quase 1 ano antes. 

10 – Celular – Um Grito de Socorro (Cellular, 2004)


Eis que você junta uma Kim Basinger em seus piores dias, um William H. Macy caricato, um Chris Evans inexpressivo,o Jason Statham de sempre e uma desculpa para fazer merchan da Nokia e o resultado é essa aberração. Ok, a idéia é interessante: a mulher faz uma ligação e cai – pra má sorte do carinha – no celular do desafortunado Ryan, que vai se meter numa roubada gigantesca por causa dessa ligação.

Lembra de mais algum? Sugira nos comments, meu bem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Não gostou? Sugestões? Críticas? Essa é a sua chance de dar a sua opinião porque ela é muito importante para nós! Seja educado e cortês, tenha respeito pelo próximo e por nós, e nada de ofensas, tá? Esse é um espaço democrático, mas comentários ofensivos serão excluídos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...