sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

O Lado Bom da Vida (2013)




Título Original: Silver Linings Playbook
Ano: 2013
Direção: David O. Russel
Roteiro: David O. Russel
Elenco: Bradley Cooper, Jennifer Lawrence, Robert De Niro,  Jacki Weaver, Chris Tucker, Julia Stiles, John Ortiz, Anupam Kher.
Sinopse: Pat Solitano Jr. (Bradley Cooper) perdeu absolutamente tudo na vida: sua casa, o emprego e a esposa. Deprimido, ele vai parar em um sanatório, onde fica internado por oito meses. Ao sair, Pat passa a morar com os pais e está decidido a reconstruir sua vida, o que inclui retomar o casamento, passando por cima de todos os problemas que teve. Entretanto, seu novo plano muda por completo quando ele conhece Tiffany (Jennifer Lawrence), uma garota misteriosa que também tem seus problemas. É ela quem consegue fazer com que Pat mais uma vez se reconecte com a vida.

Por Lady Rá


Todo ano tem uma comédia dramática que se destaca e entra para o time dos pesos pesados das premiações. Esse ano o filme cool da vez é O lado bom da vida, dirigido por David O. Russel (O vencendor), estrelado pela atriz do momento Jennifer Lawrence e por Bradley Cooper, que deu uma guinada repentina na carreira. Nem sempre esses filmes são dignos de toda a falação, mas no caso de O lado bom da vida, temos um longa que merece (quase) todo o destaque que vem tendo nas premiações. Pois, em tempos de tanto repeteco nos cinemas, filmes de super heróis, releituras bizarras de contos de fadas, continuações, cinebiografias e tudo mais, é sempre agradável assistir a uma história leve, cujo propósito é justamente mostrar o lado positivo da vida. Propósito, aliás, que é resumido no ótimo título nacional (até que enfim acertaram!).

O lado bom da vida, a princípio, parece querer nos dizer que nós tempos obrigação ir em busca da felicidade. Porque ficar remoendo mágoas passadas, cultivando problemas? Viver é uma dádiva e temos que procurar sempre focar no lado bom. O protagonista Pat, vivido por um esforçado Bradley Cooper, acaba de sair de uma clínica onde foi internado, após espancar o amante de sua mulher. Lá ele aprendeu que deve se esforçar para ser feliz. E decidido a recuperar seu casamento, passa a seguir vários passos que ele acredita que o levarão a se tornar uma pessoa melhor para que sua esposa possa aceitá-lo de volta. Durante essa jornada, ele conhece Tiffany (Jennifer Lawrence, ótima), uma jovem viúva tão problemática quanto ele. Assim nasce uma ligação entre os dois e juntos eles vão descobrir que a felicidade consiste em aceitar as coisas boas que a vida nos dá.

O filme se desenrola num bom ritmo O roteiro, que traz situações divertidas e comoventes, e a direção de Russel trabalham em harmonia de modo a fazer com que o público embarque na história de Pat e Tiffany e torça por eles. O elenco principal está afiado, porém há um certo exagero em indicar os protagonistas ao Oscar, especialmente Bradley Cooper que faz o que qualquer ator com um mínimo de competência faria. Quem se destaca é Robert De Niro, numa atuação sensível e inspirada como o pai de Pat. Há uma bela cena entre pai e filho em que quem conhece a carreira do ator vai dizer: “Esse é o De Niro que eu conheço”. Há também uma divertida participação de Chris Tucker como amigo de Pat.

Os personagens carismáticos, a família excêntrica de Pat e até mesmo um inusitado concurso de dança, nos remete ao jovem clássico Pequena Miss Sunshine. Por fim, tudo funciona de forma harmoniosa em O lado bom da vida, que possui uma inspiradíssima trilha sonora e um bom acabamento. É um ótimo filme, em que seu maior mérito está na simplicidade de uma história bem contada. E com final feliz, porque sim!

Cotação: 4/5

Um filme delicioso.


TRAILER


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...