quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Trilha Sonora - King Kong, de James Newton Howard




Por Jason

Para compor a trilha de King Kong, James N. Howard foi chamado às pressas para substituir Howard Shore, já que o trabalho deste não agradou ao diretor Peter Jackson e ele foi gentilmente retirado do projeto. Famoso pelas trilhas de O senhor dos Anéis, não se sabe o que desagradou Jackson a ponto de retirá-lo do projeto - ambos alegaram "diferenças criativas".

Newton tem um dom de criar canções sensíveis (vale experimentar outras trilhas do compositor e tirar suas próprias conclusões) e aqui precisou equilibrar três eixos centrais para a trilha: os temas que envolvem a personagem Ann Darrow, num tom de romance improvável e fantasioso com um gorila monstruoso, a parte da ação que envolve Kong e por fim o tema do filme. Como num milagre auditivo, as faixas compostas para o filme mesmo que muitas vezes soem dissonantes entre si casam perfeitamente com o filme, formando um conjunto sólido - e Newton ainda resgatou certos temas do filme original, afinal, trata-se de uma refilmagem de um clássico, usando estes temas na forma de pontuações no meio da trilha. O resultado é ótimo.

Da excelente "King Kong", passando pelas maravilhosas e delicadas "A Fateful Meeting", "Beautiful", "Central Park" chegando as espetaculares "Beauty Killed the Beast (Part IV e V)" – Newton equilibra drama, suspense, ação, seja com notas de piano, flauta, cordas, violinos ou um coral lindo conduzido pela voz Ben Inman que começa já a se apresentar em "Beauty Killed the Beast" IV até os momentos dramáticos finais do filme. Há ainda as épicas "Tooth and Claw", a "The Empire State Building" - que faz um corte de drama entre as sequências do Central Park com a correria eletrizante pelas ruas de Nova York até a escalada do gorila no Empire State, e a sequência "That's All There Is…" - "Captured", que trazem enxertos do tema "King Kong", em versões mais vibrantes de ação.

Mas há que se confessar que há um exagero e um deslize na trilha sonora: Newton parece se perder nas três primeiras faixas de "Beauty Killed the Beast", e optar por injetar novas faixas sem recuperar os temas anteriores além do fato de que canções que apareceram no filme foram retiradas do composto final. Em troca temos a longa "It's desert" e a óbvia "Head Towards the Animals" que lembra, em certos momentos, o material composto para a trilha sonora de O mundo perdido (1997), por John Williams, principalmente no uso de instrumentos de sopro e tambores. 

Não é demérito algum, visto que o trabalho é casado perfeitamente com o filme e a trilha recebeu merecidamente indicação ao Globo de Ouro (merecia indicação ao Oscar também) mas em vista ao trabalho épico que o compositor estava construindo até então, o resultado poderia ser simplesmente perfeito. Nada mal, no entanto, para um trabalho que precisou ser composto em ritmo dobrado, uma prova de que James Newton Howard é um excelente compositor, capaz de trabalhar sob pressão - e produzir, ainda assim, um dos seus melhores trabalhos. 

Cotação: 4/5

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Não gostou? Sugestões? Críticas? Essa é a sua chance de dar a sua opinião porque ela é muito importante para nós! Seja educado e cortês, tenha respeito pelo próximo e por nós, e nada de ofensas, tá? Esse é um espaço democrático, mas comentários ofensivos serão excluídos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...