sexta-feira, 22 de março de 2013

Detona Ralph - 2012 (Wreck-it Ralph, 2012)




Título Original: Wreck-It Ralph
Ano de lançamento: 2012
Direção: Rich Moore
Roteiro: Jennifer Lee, Jim Reardon, Phil Johnston, Rich Moore
Elenco: John C. Reilly, Jane Lynch, Sarah Silverman, 
Sinopse: Wreck-It Ralph (voz de John C. Reilly) quer muito ser tão adorado quanto seu adversário de jogo, o Mocinho perfeito, Fix-It Felix (voz de Jack McBrayer). O problema é que ninguém gosta de Bandidos. Mas todo mundo adora heróis… então quando surge um moderno jogo de tiro que mostra a perspectiva do protagonista, apresentando o personagem durão do Sargento Calhoun (voz de Jane Lynch), Ralph encara o jogo como sua chance para o heroísmo e a felicidade. Ele invade o jogo com um plano simples ganhar uma medalha, mas não demora a arruinar tudo, libertando sem querer um inimigo mortal que põe em risco todos os jogos do fliperama. Qual a única esperança de Ralph? Vanellope von Schweetz (voz de Sarah Silverman), uma jovem e encrenqueira “pane” de um jogo de corrida de carros pode acabar sendo quem ensinará a Ralph o que significa ser um Mocinho. Mas será que ele vai perceber que é bom o bastante para se tornar um herói antes que seja “Fim de Jogo” para todo o fliperama? 



Por Jason

No jogo em que atua como vilão, Conserta Tudo Felix Jr, um joguinho tosco de 8 bits, Ralph passa o tempo destruindo um prédio para que ele seja reconstruído pelo herói com seu martelo mágico. Ciente de que sua vida é completamente depressiva, frequenta reuniões com outros vilões que se sentem injustiçados pela fama que os heróis possuem. Para ganhar destaque e ocupar o lugar que ele acha que merece, Ralph resolve que precisa ganhar um medalha, que é dada aos jogadores vitoriosos, ou seja, os heróis, e acaba invadindo outro jogo - um sofisticado game 3D em que o jogador precisa aniquilar insetos alienígenas incorporando uma jogadora durona. 

O problema é que depois de uma passagem desajeitada pelo jogo, Ralph acaba arrumando a maior confusão - vai parar em outro jogo de corrida cheio de cores, no melhor estilo Mario Kart - só que voltado para meninas. Leva a tira colo um inseto, cuja espécie começa a se desenvolver como uma praga dentro do jogo, ameaçando destruí-lo. No meio do caminho, Ralph vai ter que provar ser merecedor de tal medalha e mudar seu jeito, de vilão para herói, aprender lições de morais incorporadas em outra personagem, a Vanelope, um "Bug" do jogo de corrida que almeja ser corredora como os outros, mas a condição de "glitch" lhe impede que isso aconteça. 

A animação segue a fórmula de personagens arrependidos deste tipo de filme, que encontram a redenção. A ação é deixada praticamente para o final, com a proliferação dos insetos no jogo e a luta para evitar que aquele jogo desapareça. O foco do desenvolvimento da trama é a relação desajeitada entre Ralph e Vanelope, que começa com briga e termina em amizade. O filme é muito colorido, consegue agradar as crianças com suas lições e formas e também adolescentes e adultos, principalmente os que curtem ou que um dia curtiram jogos de vídeo game. O destaque aliás, fica por conta de participações especiais de personagens conhecidos de jogos, como Street Fighter, Pac Man, Mario, Sonic, dentre outros. 

O que pega contra o filme é a ausência de momentos engraçados - só contei um, na cena em que barrinhas coloridas começam a cantar animadamente para o futuro casal improvável da animação. O filme é divertido, mas não engraçado, um ponto contra, já que é uma animação voltada para as crianças - e os pais, via de regra, as acompanham quando vão aos cinemas. A despeito do clima nostálgico de alguns momentos, o vilão, o Turbo, soa como ponto negativo. Turbo, ultrapassado, se revoltou por ver seu jogo ser esquecido com a chegada de outro que caiu nas graças de público e era mais sofisticado. Virou lenda e sinônimo de coisa ruim. Ele migrou para o jogo e conseguiu destruir ambos. Agora está disfarçado no jogo de corrida de Venelope, trapaceando para continuar reinando absoluto no jogo. De todos os personagens, ele é o que não consegue empolgar e seu final é tão megalomaníaco diante de tudo o que foi visto que o deslize chega a chocar. 

Cotação: 3/5

É o Toy Story dos games nos cinemas.

Um comentário:

  1. Gostei imensamente pela quantidade de referências nerds que dá pra catar no filme. O lago de Coca Cola na caverna de Mentos foi demais!
    Eu só achei um pouco enjoativo a parte colorida que predominou no filme, quando o foco ficou todo no joguinho do Sugar Race (é isso, né)? Mas fora isso, adorei a Vanelope, o Ralph (um Shrek dos games???) e a sargento Calhoun, uma versão Master Chief +Samus Aran.
    Muito divertido, saí do cinema sem em arrepender.

    ResponderExcluir

Gostou? Não gostou? Sugestões? Críticas? Essa é a sua chance de dar a sua opinião porque ela é muito importante para nós! Seja educado e cortês, tenha respeito pelo próximo e por nós, e nada de ofensas, tá? Esse é um espaço democrático, mas comentários ofensivos serão excluídos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...