quinta-feira, 28 de março de 2013

O Príncipe do Egito - 1998 (The Prince of Egypt - 1998)




Título Original: The Prince of Egypt 
Ano de lançamento: 1998
Direção: Simon Wells, Brenda Chapman, Steve Hickner
Roteiro: Philip LaZebnik, 
Nicholas Meyer
Elenco: Val Kilmer, Ralph Fiennes, Michelle Pfeiffer, Sandra Bullock, Jeff goldblum, Patrick Stewart, Danny Glover, Helen Mirren, Steve Martin, Martin Short e Ofra Haza
Sinopse: 
No Egito antigo, quando os hebreus lá viviam como escravos e o faraó Seti, temendo o constante nascimento de crianças hebréias, pois no futuro poderiam se tornar uma força que ameaçasse seu poder, ordena que todos os bebês hebreus do sexo masculino sejam afogados. Uma hebreia se desespera ao ver que seu filho poderá ser morto e, para salvá-lo, o coloca em uma cesta no rio. A criança acaba sendo encontrada pela rainha, assim Moisés é criado como irmão de Ramsés, o herdeiro do trono de Seti. Os dois crescem e se tornam grande amigos, mas Moisés acaba descobrindo sua origem, decide abandonar o palácio e libertar os hebreus, para levá-los para a Terra Prometida.


Por Jason

No belo e impressionante "O príncipe do Egito", a história de Moisés é contada simplificadamente na forma de uma animação que mistura elementos em 3D e 2D. Do seu abandono nas águas do rio Nilo, passando pela sua adoção pelo faraó, o dia em que matou um carrasco que chicoteava um velho escravo, até sua fuga, seu casamento e a libertação do povo do Egito da escravidão fazendo a travessia pelo Mar Vermelho.

O filme foi o primeiro do gênero produzido e lançado pela DreamWorks e um sucesso comercial, arrecadando três vezes mais o seu orçamento de 70 milhões. É tecnicamente impecável, em cores, ritmo, e com um elenco de vozes de grande porte. Foi indicado ao Oscar de Melhor Trilha Sonora e de Melhor Canção - ganhando por este. Traz sequências ainda marcantes - como no contato entre Moisés e Deus na forma de uma luz; na noite em que Deus passa pelo Egito levando o filho do Faraó e, claro, na abertura do Mar Vermelho. A trilha sonora é linda e o desenvolvimento de personagens é outro ponto a favor: chama a atenção o personagem Ramsés que, diferente do que é esperado, não é um vilão estereotipado. 

O Faraó viveu a pressão e cobrança de se moldar às expectativas de seu pai, sem nunca atender ou superá-las. Uma vez adulto, se torna alienado pelo poder, cego em seu conceito de religião e cético, mas sente dor ao perder o seu filho, arrependimento por deixar Moises ir embora com o povo e o sentimento de vingança que o faz caçá-lo. Há um conflito que permeia a animação entre crença e ceticismo, seja no cajado que se transforma em serpente ou no rio que se transforma em sangue, para provar o poder de Deus - o que para Ramsés não passa de mágica barata.

Joga contra a animação o seu tema bíblico - o tema pode afastar o público de diferentes religiões - e a sua indecisão entre ser uma animação mais voltada para o público adulto (o Faraó Seth, em sua preocupação com a explosão demográfica dos escravos, que poderia comprometer o seu império, manda caçar os bebês e crianças e atirá-las aos crocodilos do Nilo) ou mais palatável ao público infantil, com dois personagens atrapalhados que não chegam a se destacar (o humor é raso). 

O príncipe do Egito é um filme que deve ser visto como uma celebração à liberdade e é eficiente em transmitir as lições reveladas por Moisés - mais importante do que acreditar ou não em Deus é amar o próximo independente de sua cor, raça, idade, religião ou classe social para adquirirmos a virtude de sermos justos e honestos. Não só com os outros - mas conosco também. 

Cotação: 4/5

No mundo em que vivemos, sua mensagem continuará sempre atual e necessária.


6 comentários:

  1. *--* Filme incrível, trilha sonora incrível, animação incrível, maquiagem incrível, perfeição.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também adorei muito filme incrível podia passar na televisão na TNT HD dia 18 de desembro

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Gostou? Não gostou? Sugestões? Críticas? Essa é a sua chance de dar a sua opinião porque ela é muito importante para nós! Seja educado e cortês, tenha respeito pelo próximo e por nós, e nada de ofensas, tá? Esse é um espaço democrático, mas comentários ofensivos serão excluídos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...