domingo, 24 de março de 2013

TOP - Heroínas de ação


POR TIA RÁ
Tia Rá estava descompensada outro dia, largadona no sofá assistindo minha Salve Flop na tv, toda cagada de cansaço, calor do mundo, quando de repente me deparei olhando praquela barriga de cinco metros de circunferência do meu marido, que me inventou de arriar no sofá e tirar aquela pestana roncando que nem um porco porque... tava cansado!

RÁÁÁÁ! PERA LÁÁÁÁ!


MAS COMASSIM, MARGINAL? Cansada tou eu, palhaço, que cuido de sete criança todo dia, tenho que arrumar a casa, lavar prato, lavar ropa, as sua cueca incardida, tenho que cozinhar, limpar os móveis, arrumar as ropa que tu joga de tudo que é jeito no banheiro, arrumar o quarto, ensinar os guri as tarefa da iscola, ainda arrumar cabelo, pintar unha e ficar linda e xerosa pra tu vir com sua pança do tamanho do mundo se arriar no meu sofá e dizer que tá cansado?! Tu tá pensanu que sou sua empregada? Tu passou o dia sentado numa cadeira, vagabooondo

Não contei conversa, gente, tasquei sapatada no marginal e mandei pra cozinha lavar prato! PORQUE EU NÃO SOU OBRIGADA A ISSO! 

Mas é assim, gente! Mundo machista! 

Eu tarra pensando o quanto nós mulheres não temos o devido respeito que deveríamos no cinema, né? Mulher é sempre a Mary Jane, que fica ali toda sequelada gritando pra o Homem Aranha vir salvar a peste! Queremos nosso espaço, bando de homem fraco! Será que vou ter que queimar sutiã em praça pública, povo?! As mulheres dominam o mundo. THE END LOL

Ok, vamo' ao que interessa. Foi-se o tempo em que o cinema tinha atrizes I SAID A-T-R-I-Z-E-S, favor não incluir Kirsten Stewart na lista, tá gente? Grata. - pra defender personagens principais - e, claro, se sobressair aos homens que são todos uns pobres coitados, todos frouxos medrosos e fracos, enfim... RISOS. No ânus que passou tivemos muitas mulheres na linha de frente de filmes de sucesso ou não, o que é otchemo, tirando umas aloprada que a gente tem que aturar, como a Xessica Xatissima - porque não sou obrigada a aturar essa porta em A hora mais clara, né gente? Afe.


Tou falando de você mesma, sua mula. Morre? Grata.


Mas enfim... Tchia Rá foi buscar lá no fundo do baú sóquenão gente que fez a coisa certa - ou nem tanto - mas que a gente gosta mesmo assim, né povo? Porque é ótimo ver nós mulheres mandando bala em todo mundo e depois saindo linda e maravilhosa com aquele cabelo Loreal Paris e aquele pele de seda, como se nada tivesse acontecido. SOUDESSAS!

Vamos ao TOP das amigas que cuspiram fogo no cinema, gente? Não tem ordem de preferência tá, mas dá pra ver que tem gente aí que faz muita falta. Elas são as minhas preferidas. E você, tem alguma? ;)

1 - Tenente Ellen Ripley (Cinessérie Alien)

Dá pra competir com uma mulher que matou um monstro tarado horroroso e cheio de baba de KY dormiu 57 anos, destruiu metade de um planeta, perdeu uma filha e RÁ - adotou outra - pra perder de novo (!)? Como se não bastasse tamanho azar na vida dessa pobre Maria Santíssima, a coitada ficou careca - sim, quer terror maior pra uma mulher do que perder os cabelos, povo? - quase foi estuprada (OI?), pariu um monstro (CÊJURATIA?) e se matou num fogaréu... pra 200 anos depois RESSUSCITAR (OMG)!!! 

C-o-m-o-l-i-d-a-r com isso, gente? Mulher é inteligente, bonita, alta, elegante, corajosa, adora um lança-chamas, ou seja, sou eu, Tia Rá! kkkkkkkkkkkkkkkkkkk Pra completar, bicha arrazou subindo numa empilhadeira pra dar na cara da vagaboonda alien, ganhou um baby monstro de outra monstra parideira dos infernos e já venceu até a morte. LOL

Get away from her, you bitch!!!!!

Flawless Victory.


2 - Sarah Connor (Cinessérie Terminator)

Sarah era uma pobre coitada aloprada ingênua solteirona e sequelada mental que ninguém queria pegar. Completamentchy over e loser, a cara das Amélias de antigamente. De repentchy, vem um soldado aloprado não se sabe de onde, com cara de quem fugiu de um sanatório, conta uma trama muito doida, dá uma com a coitada e CATAPLOFT! Mulher tá esperando o John Connor, salvador da pátria no futuro? COMOASSIMEXPLICAISSO? 

Mas, como se não bastasse, nossa mama Sarah diva do trabuco cuspidor de fogo é trancada num hospício que nem loka, se prepara para o dia final e manda bala até em robô pra proteger o baby dela! Sarah Connor é a mama que você queria ter, cão, mas na falta dela se contenta com a gata que lhe pariu mesmo! Mas assim, alguém tinha que trollar a Tia Sarah, né? Mataram ela de câncer. Tipo. Eu sou a Sarah Connor. SARAH CONNOR. Morri de... err... câncer. WTF rebanho de cão que criou isso? A verdadeira Sarah Connor mataria a doença a bala, HELLOOOO!

Espero que ela seja clonada e volte para dar na cara do roteirista que criou essa aberração PORQUE EU NÃO SOU OBRIGADA!

3 - Trinity (Cinessérie Matrix)

Problemas com computadores rebeldes? Namoros mal resolvidos? Hacker com dor de cabeça? Moto sem funcionar? Seu marido te traiu com uma vagaboonda? Trinity resolve tudo na pancada, fofa, então pare de dramatizar sua LOKA!!! hahahaah O futuro será do preto, do emborracha, do tubinho apertando nosso traseiro e do óculos escuro de dia e de noite. Trinity é a nossa musa futurista kung fu inteligente, esperta, elegante, e com cabelos que não se armam com o vento, olha que tudo? Mulher faz duplo twist carpado e golpe da garça no ar em câmera lenta, COMOLIDAR COM TANTO AMOR, BRASIL?! 

Filme só não explica se der vontade de fazer xixi ou dar aquela cagada, como a pobre vai fazer pra se desmontar daquela roupa toda apertada e atoxada no poço, porque né... ENFIM.... 

Mas alguém achou que útil mesmo na série era o Neo, aquela porta oca, e alguém matou ela daquela forma que a gente viu. Pois é... e provavelmente eu e você xingamos os idiotas que fizeram aquilo por três gerações seguidas, né... porque ninguém merece! Afe.

4 - Alice (Cinessérie Resident Evil)

Me espera, MILLA!


Paul B. O. S. T. A. Anderson criou uma ninja-clone-mutante-X-Men-vidente-telecinética-cabocla-ginasta-olímpica-atiradora-de-elite-medium-piloto tudo numa mulher só - na pele Renew Clean Avon da sua esposa Camomilla Xoxavixe, que interpreta (OI) Alice nos filmecos baseados nos jogos de videogame. Tudo para matar zumbis vegetarianos, porque sangue é o que de menos tem neçabosta pra não assustar as criança né... Não dá para falar da moça gente... Suspeito que no próximo filme, Alice vá bater asas e voar, soltar fogo pela boca, seu cabelo vai atirar balas e ela vá atravessar paredes depois de peidar, porque né... PQP! 

Mas a Alice não é o Zagallo e a gente tem que ENGOLIR! Depois de cinco filmes, milhões de doletas tiradas de adolescentes e crianças alopradas nos cinemas, vem aí o sexto - e o sétimo, o oitavo, o 25°, porque Paul é gente como a gente e tem que dar comida pras crias. Pra desespero geral da nação



5 - Lara Croft (Tomb Raider)

Mais um baseado nos games, que desta vez traz a minha, a sua, a nossa, Angelina Jolie, com seu efeito labial estuprador de olhos dos espectadores. As tramas, sempre vagaboondas dos filmes, não impedem Angelina de fazer piruetas, sacar trabucos do tamanho de guarda-chuvas que cospem balas! Lara Croft tinha peitos balões nos games, usava mini shorts e vivia se arreganhando em tudo quanto era desafio pra fazer a cabeça dos adolescentes virgens nerds e cheios de hormônios, né povo? Se é que vocês me entendem... Até que ficou chata bagaraio, tiraram o silica dela, tiraram os shorts, botaram calça, e todo mundo se esqueceu da tia percursora dos peitões nos games, coitada. 

Os caras deram um jeito outro dia aí - sim, nos games também é como em Hollywood, sempre dá pra voltar de um jeito RISOS - e... olha lá a Lara de novo, agora na pele de uma mulher virtual que é a cara da... Jessica Biel??? WTF?? Sem peitos balões. Sem pernocas de fora. Ficou sem graça. Melhor que fizesse a cara da Angelina, neam...? ADORO Angelina destruidora de lares, foi lá pegou o marido da J-Neston e foi. MITO.  


Eu podia citar mais aqui né... Nossa vovó Barbarella, nossa Noiva Kill Bill,  a diva Nikita, quem noonca? Mas essas daí moram no meu coração, são minhas moooooosas inspiradoras <3 I'm every woman. I'm Tia Rááááá!

Beijos e até a próxima, no enterro do meu marido. FUI!

Um comentário:

  1. Esses dias estava pensando num post para o meu blog sobre minhas musas do cinema. Coincidentemente (ou não), minha lista incluía Ellen Ripley (que além de fazer tudo aquilo que a senhora disse, Tia, ainda por cima incinerou sete clones defeituosos dela mesma (a única coisa que salva Alien Ressurreição é essa cena antológica); incluía também minha amada Sarah Connor (sim, já desejei que ela fosse minha mãe), que também me revoltou profundamente quando soube que ela morreu de cancer (naquela bosta daquele Exterminador 3, filminho mais lazarento...).
    E bem, outras duas heroínas que eu tenho são a fofa Clarice Starling, no Silêncio dos Inocentes (gosto da Julianne Moore, mas a Foster é muito mais top!) e a Lisbeth Salander, da trilogia Millenium (a sueca, com a Noomi Rapace).

    PS: li alguns meses atrás um artigo supostamente "feminista" dizendo que homem que curte a Lisbeth é um machista fetichista e porco... Sinceramente, não consigo entender certas mulheres...

    Bjos tóxicos

    ResponderExcluir

Gostou? Não gostou? Sugestões? Críticas? Essa é a sua chance de dar a sua opinião porque ela é muito importante para nós! Seja educado e cortês, tenha respeito pelo próximo e por nós, e nada de ofensas, tá? Esse é um espaço democrático, mas comentários ofensivos serão excluídos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...