terça-feira, 16 de abril de 2013

A múmia - 1959



Título Original:
The Mummy
Ano de lançamento: 1959
Direção: Terence Fisher
Roteiro: Jimmy Sangster
Elenco: Peter Cushing, Christopher Lee, Yvonne Furneaux
Sinopse: Egito, 1895. Três arqueologistas britânicos, John Banning (Peter Cushing), Stephen Banning (Felix Aylmer) e Joseph Whemple (Raymond Hutley), descobrem o túmulo de uma princesa egípcia, Ananka (Yvonne Furneaux), que morreu há quatro mil anos. Sem imaginar o que realmente fazia, Stephen lê o "Pergaminho da Vida". Isto faz voltar a vida Kharis (Christopher Lee), o guardião da tumba, que recebe a ajuda de Mehemet Bey (George Pastell), um egípcio que não aceita o túmulo ter sido profanado por "infiéis". Três anos depois, Mehemet leva para a Inglaterra Kharis, que terá a missão de matar os três arqueólogos que lideraram a expedição que achou a tumba de Ananka.



Por Jason

No ano de 1895, a tumba da princesa egípcia Ananka é encontrada por um grupo de arqueólogos. Contudo, o sumo-sacerdote Kharis que era apaixonado pela princesa, é trazido de volta após a leitura de um pergaminho. Nesse filme clássico, Chistopher Lee interpreta o personagem título, que foi mumificado após a morte da princesa recebendo o maior dos castigos da antiguidade egípcia (lembremos de Imothep, o vilão de A múmia  (1999) com direito a língua cortada, bandagens e tudo mais. 

A múmia e seu caixão, após serem descobertos, deveriam ficar em um museu na Inglaterra, mas é despertada quando dois transportadores a deixam cair no meio do caminho e ela vai parar num lago de lama, dando brecha para que o seu guardião Bey a utilize para caçar os homens que perturbaram o seu sono anos antes. Ela sai então para sua matança, empacotando logo um dos exploradores que ficou louco ao liberá-la - e isso dentro de um quarto de um hospital psiquiátrico, entrando por uma janela protegida - numa cena no mínimo constrangedora, porque Lee é enorme e o buraco que ele precisa passar é pequeno. Após pegar outro dos homens, o espectador é levado ao Egito Antigo, onde se descobre mais sobre a sua vida e o seu amor que morreu e foi mumificado com a promessa de vida eterna - um recurso visto no prólogo do filme de 1999, só que aqui sem o orçamento e os efeitos disponíveis para este.

Mais tarde, o último explorador irá enfrentá-la, com a ajuda de sua mulher, que se parece muito com o antigo amor de Kharis e que o fará lembrar, e dar brecha, para que os homens a devolvam para o sono de onde nunca deveria sair. Mais uma vez, como quase todo filme da década de 50, temos um exemplar de grande ingenuidade de roteiro - é um filme de horror, mas sequer existe cena de violência ou sangue (a múmia tem predileção por matar suas vítimas por esganadura (!) - produzido pela Hammer, famosa produtora de filmes de horror e clássicos do Conde Drácula, o Fantasma da Opera e Frankenstein e distribuídos pela Warner Brothers para o mundo. 

Os cenários são todos de aspectos teatrais, com poucas externas e pouco detalhismo, bem como os figurinos. A tumba da múmia, por exemplo, nada mais é do que um armário de madeira clara e as áreas externas nada mais são do que criações em estúdios mal iluminados, o que dá um aspecto miserável artificial para o filme. 

O destaque do filme fica por conta de Christopher Lee, em papel icônico, que se dedica como o monstro, com sua altura assustadora. Engessado por bandagens cobertas de lama, Lee precisa trabalhar com os olhos enquanto se movimenta duro como um zumbi, num efeito hilário e ao mesmo tempo perturbador. O seu olhar de pena, sofrimento e de compaixão pela amada, no entanto, é daqueles bons e ternos momentos que filmes de monstros pouca vezes conseguem repetir.

Cotação: 3/5

Tem que relevar o fato que o filme envelheceu demais e entrar na onda.

Um comentário:

Gostou? Não gostou? Sugestões? Críticas? Essa é a sua chance de dar a sua opinião porque ela é muito importante para nós! Seja educado e cortês, tenha respeito pelo próximo e por nós, e nada de ofensas, tá? Esse é um espaço democrático, mas comentários ofensivos serão excluídos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...