quarta-feira, 10 de abril de 2013

Tentáculos - 1998




Título Original: Deep Rising
Ano de lançamento: 1998
Direção: Stephen Sommers
Roteiro: Stephen Sommers
Elenco: Treat Williams, 
Famke Janssen, 
Kevin J. O'Connor, 
Wes Studi, Djimon Hounsou, Cliff Curtis, Jason Flemyng


Sinopse: 
Em sua primeira viagem, o transatlântico mais luxuoso do mundo, que custou perto de meio bilhão de dólares  é o alvo de um bando de ladrões de jóias, que dispõem até de mísseis em seu armamento. Mas, ao invadirem o navio, não encontram ninguém e tudo parece muito estranho. Depois de vagarem um pouco, encontram uma passageira, que é uma estelionatária internacional, o dono do navio e o capitão e descobrem da pior maneira que uma espécie de polvo gigantesco invadiu a embarcação.


Por Jason

O filme "Tentáculos" não chama atenção apenas por ser um trash: seu elenco traz, além do canastrão Treat Williams, cuja carreira nunca decolou, a atriz Famke Janssen (a Jean Grey de X-Men), Jason Iain Flemyng (de Xmen Primeira Classe), Cliff Curtis (de A fonte, Sunshine, 10000 AC)  e o indicado ao Oscar Djimon Hounsou (de Gladiador, Amistad, Diamante de Sangue) em uma participação pequena que inclui uma morte bizarra com uma machadada na cabeça.

"Tentáculos" é dirigido por Stephen Sommers, que pouco tempo depois emplacaria o sucesso "A Múmia" com outro ator do elenco, Kevin J. O'Connor. Produção barata, de 40 milhões, o filme foi merecidamente um fracasso total (pouco mais de 11 milhões nos EUA) e reza a lenda que o papel que era de Treat Williams deveria ser de Harrison Ford, que pulou fora ao perceber a cilada que estava se metendo. 

Nada em "Tentáculos" funciona a não ser a capacidade de Stephen Sommers de usar  efeitos especiais, como demonstrou nos filmes seguintes. Mesmo pobres, Stephen sabe posicionar a sua câmera para explorá-los. Esconde a ameaça do filme até perto do final, quando o monstro finalmente se revela em toda a sua plenitude. Os cenários do filme são um exemplo de pobreza, bem como a iluminação precária que é incapaz de transmitir qualquer atmosfera de terror. 

O humor do filme é péssimo e falha em todas as cenas. Falta timing para rir da odisseia dos personagens, presos no "Argonáutica", uma versão pobre de um navio copiado descaradamente de "O destino do Poseidon". No elenco, todos estão péssimos e mal dirigidos. Personagens entram e saem sem fazerem a menor diferença. O roteiro do filme ainda prepara situações desastrosas - sim, porque sempre dá para piorar - com direito a um jet sky arranjado de última hora para dar chance do casal sobrevivente fugir. Por fim, a última pá de cal: "Tentáculos" foi realizado em 1998, mas tem aquela cara inevitável de que foi realizado vinte anos antes, vitimado por ser um projeto que caminhava nas mãos de Sommers uma década antes. Ou seja, já nasceu velho.

Em tempo: o filme traz uma sequência que toca "Garota de Ipanema" e tem no elenco o ator Trevor Goddard, o "Kano", de Mortal Kombat, que também atuou na televisão e morreu jovem, aos 40 anos, de overdose.

Cotação: 0/5

Um comentário:

  1. Eu assisti esse negocio quando tinha dez anos, logo que foi lançado no vhs (multa de 50 centavos se não entregasse a fita rebobinada).
    Na epoca eu achava um filme fantástico, pois tinha monstro, gente morrendo em quantia, ação louca, enfim, como um bom muleque hiperativo, adorava esse tipo de coisa. Mas o que eu acho mais engraçado é ler um post como esse, hoje, e notar coisas que na epoca me eram totalmente desconhecidas, como por exemplo, o cara que leva a machadada na cabeça ser o Djimon Hounsou, ator que hoje considero muito fodão. Além do diretor ter sido o Sommers, que acredito ser um cara que consegue alguns acertos nos seus filmes de ação (a Múmia ainda será sempre o melhor!).
    Mas enfim, me despertou a curiosidade de assistir Tentáculos novamente, depois de 14 anos... e rever o seu final tosqueira, entre outras bizarrices.

    Nite nite!

    ResponderExcluir

Gostou? Não gostou? Sugestões? Críticas? Essa é a sua chance de dar a sua opinião porque ela é muito importante para nós! Seja educado e cortês, tenha respeito pelo próximo e por nós, e nada de ofensas, tá? Esse é um espaço democrático, mas comentários ofensivos serão excluídos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...