domingo, 30 de junho de 2013

Homem de Aço - 2013




Por Tia Rá-Rel

Atenssaum: o post está xeio de spoilers. Se num quer saber sobre o filme, num leia nada abaixo!

MA QUE POHA É EÇA?
Olha gente... Eu num sabia se eu era uma alien até assistir a essa bomba Homem Bagaço e ver o quanto o público Transformers de hoje tá mudano a forma de fazer cinema. Pra pior, né povo? Roteiro hoje num é maish importantchy, personages num são mais importante, nada mais importa a num ser o quanto de efeito espacial e barulho ensurdecedor você vai poder enfiar goela abaixo no público. É a maldita Iscola #CarlaPerezEternamentchy de Michael Gay e Emmerich de destruissaum, com a diferença de que lá você até se diverte rindo de toda porcaria e aqui você fica pálida com tamanha podridaum.

A gente brinca. A gente pirraça. A gente comenta. A gente se diverte. Ou naum... Mas tudo tem limite, né gente? Proeza das proeza, com o xock que eu tive ao ver isso, até minha gramátchica miorou SOQUENAO. Porque num bastasse a gentchy ter o desastroso - mas suce$$o - Homem de Ferro 3, neste anus, temos que suportar agora outro fiasco de adaptassaum de um personage icônico, que todos aqui no blog amam: nosso Superman, que, apesar de num ter flopado como deveria nas bilheterias, já começa a sentir as esnobadas do público e a torcida de nariz da crítchica (já saiu do TOP tem muito tempo nos EUA e vai sumir rapidchinho).

WHY...? VamozzzzZZZZzzz ROINC Anal Lizar. 

#XATIADAN
O filme começa em Pandora, de Avatar, com a mãe de Superman parino o filho no melhor estilo Abrams de Star Treko (quem lembra da mãe de Kirk levanta a mão! \O). Porque Snyder num tem originalidadchy, é aquela photocopian descarada que eu já venho apregoanu aqui tem tempos mas ninguém me escuta. Russell Crowe aparece e ACREDITA, naquela eterna vibe Gladiador (juro que esperei que ele cantasse uma música como em Los miserentos RISOS). Zod chega, fazendo desfile de escola de samba - o figurino é uma aberrassaum - mata uma piriguete véia do conselho de Krypton/Pandora/Cybertron (é tudo ali mesmo). Começa uma linha de diálogo, depois pancadaria. Mais uma linha de diálogo, tumulto, gritaria e confusão, Russel Creu aka Jor El chama o seu dragão de Avatar e sai voando no meio do calypso do planeta.

W-T-F? EU PENSEI!. Sério, eu tenho neurônios. Eles existem dentro de mim. Eu posso senti-los. Isso não pode estar acontecenus!!!! Mas está... É a versaum porcalhona de Snyder para o M-I-T-O. É a produssaum do mitológico COF COF COF Nolan, que tudo que caga, as noletes vem pra cá dizer que é diamantchy, gente! A gente tem que se contentar com essa tormenta até quando?

A resposta já vem com vinte minutos de filme. Porque aqui o filme já virou Transformers, com Cybertron sendo destruído. Zod e Jor El falam duas palavras e saem no tapa, Jor El morre. O figurino é uma porcaria, já falei dele? De tanta aberrassaum figurinista, a ideia de uma cueca vermelha por fora do macacão azul acabaria se tornano a menor preocupação do filme. A direção de arte é poluída, genérica, um excesso horroroso de informação, brega mesmo!, e parece que saiu de um título de vídeo game - ou de Transformers, REFLITAM. Mas nada disso incomodaria se não fosse a total nulidade de drama. São vinte minuto de destruissaum APENAX. Mas quando o baby Super é enviado e o filme já corta pra Clark véio, eu disse QUE-DESGRAÇAN-É-ESSAN?

GATAN, QUEDE MADONNA?
Uma plataforma de petróleo explodchy, Clark vai lá e faz a social. Mas o filme volta em flash back - e tome Clark novo salvano um monte de criança num ônibus escolar que já despencou da ponte na sua cara. A cada 3-5 minutos de filme uma tragédia acontece, um flash back acontece, um corte aconteSSe, porque o filme num tem eixo dramátchico, é isso daí que Snyder, Nolan e CIA LTDA ACREDITAM que é o bastante para o Superman e você tem que engolir. Clark faz a XMEN JEAN GREY manifestano seus poderes na High School Musical. Você tarra até se envolveno com toda a patacoada e derrepentchy POW mais uma tragédia acontece, agora com Lois Lane - Amy Adams mais perdida que cega em tiroteio e ainda por cima bancando a heroína kkkkkkkkkkkkk - quase morreno atacada por uma sonda alien e claro, Super chega na hora, salvano a biskatchy e fazeno a quarta revelação de Fátima. 

Cinco minutos depois...

Quando você pensa que vai se envolver, lá estamos, com Snyder encarnando Twister MEETS Roland Emmerich com um tornado que leva o pai adotchivo de Clark (cujo pecado é a burrice). Por fim, Zod faz desembarque que nem a Madonna num show, toda uma loka na Terra causano interferência pra pronunciamento feito a Dilma em época de manifestassaum. Zod agora quer esculhambar com a Terra, veja se pode?! E tome mais destruissaum nos moldes Roland Emmerich. Quede roteiro? Sei lá, o Snyder pegou e limpou aquela boonda que já é muito conhecida por toda a Warner porque só isso EXPLICA.

Cinco minutos depois...

Quede Optimus Prime que num me ajudan?
A Super tarra lá toda revoltada das ideia porque mexeu com a mãe dele, OBICHOPEGOU! Smallville vai embora numa nuvem de poeira depois que rola babado, confusão e gritaria com os inimigo de vestimenta pobre derrubando avião, helicóptero, sua paciência e tudo maish. A populassaum misteriosamente sumiu da tela, se resumino uns militares. Quede a imprensa mundial que num tarra vendo isso pra captar os diálogos pobreza do roteiro? A cada tabefe que Super leva, a canastrona inimiga tem um papo porco e umas lição de moral porca pra ensinar a ele. I DIE.

Cinco minutos depois...

ADORO o método de destruissaum em massa dos aliens em Metropolis - quase do naipe das naves de Emmerich invadindo o planeta no dia 04 de julho REFLITAM. O filme faz aquela linha 2012 com direito a prédio caindo, gente correno, e tudo maish. Me lembrou Lanterna Vermeia tamém. Aliás, no quesito destruissaum, é o encontro de tudo o que você já viu de Emmerich com Michael Gay. O filme encontra no Transformers 3, com o Decepticon todo trabalhado na treconologia de tentáculos atacano o Super dublê digital de quinta categoria. Não dá pra digerir entender certas coisas de Snyder. Se o pai já foi mostrado fazeno a Dorothy e voando no tornado pra o mundo de OZ, porque diabos o filme tem que voltar no flash back (o vigésimo quinto) pra mostrar o pai de novo numa Sena em que o jovem Clark quase se descontrola? Aliás, o filme é todo cheio de flash back (já falei deles, neam, SUPORTEM, porque vem um a cada... cinco minutos...RISOS), então isso é o de menos - com tanta confusão de vai e volta neçamerda

Porque não basta explicar ao pobre monossilabo do Clark o que aconteceu com ele, tem que vir um holograma com um infográfico e uma animação em 3D? 

COMOLIDAR com o JorEl ensinando a Lois Lane na forma de holograma-asombrassaum-gasparzinhofantasminhacamarada- os truques da nave? Pior sequência EVER. 

Me economize. 

Eu vorto que nem assombrassaum pra te ver LOL
Cavill ficou ótimo com toda a bomba que injetou nos peito e nos braços. Como ator ele dá um ótchimo caldo na minha cama, sou dessas. A química entre ele e Adams é nula, os dois disputam a tapa pra ver quem tá pior (suspeito premiações no Framboesa de Ouro do próximo ano, na TORCIDAN). Lawrence Fishbourne, gordo como um hipopótamo, correno de prédio caino então é a visaum do inferno, nem parece que um dia foi MORPHEUS. Morphou completamentchy no filme. Amy Adams dá sono só de olhar pra ela, né gente, num papel tosco e inexpressivo. Mas choca também o desperdício de Christopher Meloni saindo da tv pra fazer figuração de loosho, e Michael Xana, completamente subaproveitado como Zod devido ao texto do filme ser uma porcaria. Os pais de Clark são dois flop né? Kevin Costa e Diane Lane sobrando no meio desse engodo todo.

PS: não me perguntem sobre a (in)utilidade da personage Jenny.

O povo reclama muito do final em que Super faz a Chuck Norris e dá um golpe de gravata pra matar o Zod. Eu axei ótimo. Personage ruim em filme cagado de ruim tem que morrer mermu. Aliás todo mundo tinha que morrer neçamerda, iscrusive o Snyder e quem escreveu essa bosta de roteiro que acha que entende de Superman. Eu num entendo nada de Super, né... Só pedi um Superman e me deram um Transformers + Vingadores + Independence Day + 2012 + Thor + Madonna. Naum sou obrigada.

Pra geração Playstation 3, o filme deve agradar bastantchy, porque não tem dramatizassaum alguma, é só um festival tosco de efeito espacial que nem sempre convence - e caro, pagaram 225 milhões nessa treta. Se você quer algo mais do que isso, chuta essa porra que é macumba da braba.

Cotação: 0/5

Sério, gente, dá pra tia naum, devo estar véia caquétchica mermu. É muita bagaceira prum filme só.

Um comentário:

  1. Como pode colocarem uma mentecapta como critica.....
    Lamentavel, entrei aqui por acaso mas pode ter certeza que jamais retornare!

    ResponderExcluir

Gostou? Não gostou? Sugestões? Críticas? Essa é a sua chance de dar a sua opinião porque ela é muito importante para nós! Seja educado e cortês, tenha respeito pelo próximo e por nós, e nada de ofensas, tá? Esse é um espaço democrático, mas comentários ofensivos serão excluídos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...