domingo, 22 de setembro de 2013

Top 10 - Filmes com animais pré-históricos



10 filmes com animais pré-históricos para você curtir - OU NÃO!



Jurassic Park, o Parque dos Dinossauros - 1993

Baseado em livro de Michael Crichton, deve ganhar um reboot com o nome Jurassic World em um futuro próximo. De qualquer forma, o diretor Steven Spielberg trouxe de volta à vida os dinossauros, se apoiando em animatrônicos e nos poderosos efeitos especiais da ILM para contar uma aventura eletrizante de um milionário que quer criar um parque com as agruras pré históricas numa ilha. A ambição, claro, dá errado, o parque é sabotado e os bichos tocam o terror. Destaque para o T- Rex, que acaba salvando involuntariamente os humanos de virarem refeição de raptores. Teve duas continuações, ambas inferiores. Vencedor de 3 Oscars, relançado nos cinemas em 3D e ainda se mantém com um visual desses de cair o queixo - que fez com que todos os dinossauros vistos em filmes lançados anteriormente parecessem inofensivos brinquedos de criança.





Dinossauro - 2000

Na animação da Disney, a mais cara já realizada até a época, um jovem iguanodonte é criado por lêmures em uma ilha, até que ela é vaporizada por um meteoro. Sem casa, eles conseguem chegar ao continente e acabam encontrando uma manada que está em busca um lugar que mais parece um paraíso para os dinossauros, onde poderão viver e se reproduzirem. No caminho, carnossauros sequiosos e babões loucos para comê-los. O filme mistura imagens reais com computação gráfica de maneira muito bem acabada. É Disney. Diversão sem compromisso.



 

Os Flintstones - 1995


Os Flintstones é a versão live-action do desenho da TV sobre a conhecida família pré-histórica, com hábitos típicos de uma família americana de classe média atual. A produção é de Steven Spielberg, traz bons efeitos especiais e destaque para a sogra de Fred, interpretada por Elisabeth Taylor (um arraso) e Halle Berry, como uma secretária sensual perigosa e trambiqueira chamada Sharon Stone. Apesar de colorido e do sucesso, o filme deu o prêmio Framboesa de Ouro de pior atriz coadjuvante para Rosie O'Donnell, ganhando pior roteiro e sendo indicado para outros dois, Elizabeth Taylor como pior atriz coadjuvante (o segundo desempenho no filme nomeado para este prêmio) e para o filme como pior remake ou sequência. Na pior das hipóteses, serve como sessão da tarde para as crianças.


 

A Guerra do Fogo - 1981

O filme retrata um período na pré-história e dois grupos de hominídeos. O primeiro, que quase não se diferencia dos macacos por não ter fala e se comunicar através de gestos e grunhidos, é pouco evoluído e acha que o fogo é algo sobrenatural por não dominarem ainda a técnica de produzi-lo; o outro grupo é mais evoluído e tem uma comunicação e hábitos mais complexos, como a habilidade de fazer o fogo. Esses dois grupos entram em contato quando o fogo da primeira tribo é apagado em uma guerra com uma tribo de hominídeos mais primitivos, que disputam pela posse do fogo e do território. Vencedor do Oscar de Melhor Maquiagem.



 

O mundo perdido - 1925

Baseado na obra de sir Arthur Conan Doyle, O "paleontologista " Professor George Challenger acredita que ainda existam dinossauros nos lugares mais remotos da selva Amazônica. Para ajudar a provar sua teoria, ele recebe o apoio de um jornal para viajar com um grupo de pessoas até lá e ver o que consegue encontrar. O problema é que suas teorias se mostram corretas, mas ele pode acabar pagando caro demais por sua descoberta. Em sua jornada, ele e seu grupo irão se defrontar com muitas aventuras, os perigos da floresta e uma surpresa atrás da outra em uma montanha-russa de emoções que vai te deixar eletrizado. Muitos bichos de massinha, truques de câmera e um sucesso estrondoso de bilheteria para a época. Clássico.



KING KONG - 1933


Uma equipe de cinema liderada por Carl Denham viaja para a Ilha da Caveira, acreditada ser apenas uma lenda, e se depara com uma civilização primitiva que oferece mulheres a Kong, um deus-gorila gigante. Quando essa civilização captura Ann Darrow, a estrela do filme, a equipe de marinheiros, agora liderada pelo valente e apaixonado imediato Jack Driscoll, parte em resgate, enfrentando inúmeros perigos tais como dinossauros e insetos gigantes. Ann é salva das garras do gorila que, aparentemente, se apaixonou por ela. Tendo os sobreviventes em segurança, Denham faz de tudo para conseguir raptar o macaco e levá-lo para Nova York, onde faria dele sua grande atração: "Kong, a Oitava Maravilha do Mundo". O resto todo mundo já sabe. Clássico.




KING KONG - 2005

Refilmagem do clássico, com a trama acertadamente ocorrendo no ano de 1933, lançamento do original. Ann Darrow (Naomi Watts), uma atriz de vaudeville, enfrenta dificuldades para se sustentar, como vários outros americanos durante a Grande Depressão. Ann conhece o cineasta Carl Denham (Jack Black), que oferece a ela o papel principal em sua próxima produção e aceita a oferta após saber que o roteirista é o conceituado dramaturgo Jack Driscoll (Adrien Brody). Carl embarca a equipe e o elenco de seu filme no cargueiro fretado S.S. Venture. O objetivo da viagem é chegar na Ilha da Caveira, que tem a fama de abrigar uma raça perdida e várias criaturas consideradas extintas. O resto, nós sabemos como termina. Destaque para a produção de mais de 200 milhões de dólares, a direção impecável de Peter Jackson, cenas de confronto de Kong com dinossauros, o estouro da manada de saurópodes, e, claro, os poderosos efeitos especiais da Weta. Um grande sucesso do cinema, que merecia mais se não fosse a pesada e desnecessária duração. Vencedor de 3 Oscars.





10.000 A. C. - 2008

Nessa podreira de Roland Emmerich, uma história de amor horrível, previsível e tediosa na pré-história, trazendo para as telas mamutes caçados com redes, aves assassinas monstruosas como avestruzes gigantes comedores de gente e, claro, um tigre-dentes-de-sabre. Uma aventura épica que segue o caçador de mamutes D'Leh, um jovem apaixonado por Evolet, em uma viagem por território desconhecido, na tentativa de garantir a segurança de sua tribo. Quando um bando de perigosos guerreiros sequestra sua amada, D'Leh é obrigado a liderar um pequeno grupo de caçadores em uma expedição para resgatá-la. O filme, cheio de efeitos ruins, é involuntariamente cômico, foi massacrado pela crítica e intitulado um dos piores filmes de todos os tempos.




No mundo dos monstros pré-históricos - 1957

Comandante da Marinha, Hal Roberts, é designado para liderar uma expedição à Antártida para investigar relatos de uma misteriosa água quente no interior de um lago descoberto na década anterior. Seu helicóptero e seu pequeno grupo, incluindo a bela Maggie Hathaway, caem em uma cratera vulcânica depois de uma tempestade. Eles se encontram presos em um ambiente tropical que tem sobrevivido desde a Era Mesozoica com plantas carnívoras e dinossauros, lutando para sobreviver e reparar o helicóptero, seu único meio de escapar. Destaque para os monstros de massa e gente vestida com roupa de dinossauro feita de borracha!



O vale proibido - 1969

A década de 60 possui um acervo de filmes relacionados ao mundo pré-histórico que merece ser conferido: a refilmagem de O mundo perdido (1960), apelando para iguanas vestidas como dinossauros; Volta ao mundo pré-histórico (1960)Mil séculos antes de Cristo (1966); Jornada ao centro do tempo (1967) dentre outros. Nesse filme divertido, com efeitos especiais do mestre Ray Harryhausen, o Cowboy James Franciscus e outros aventureiros se deparam com um monstro pré-histórico num vale perdido no México e decidem exibi-lo em um circo para fazer dinheiro. Claro que isso causará a maior confusão. O filme traz então uma original e inusitada mistura de Cowboys e dinossauros, já que o vale proibido também é habitado por Pterossauros e outras criaturas pré históricas. 

Fonte: Wikipedia e IMDB


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Não gostou? Sugestões? Críticas? Essa é a sua chance de dar a sua opinião porque ela é muito importante para nós! Seja educado e cortês, tenha respeito pelo próximo e por nós, e nada de ofensas, tá? Esse é um espaço democrático, mas comentários ofensivos serão excluídos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...