sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Deixe a luz acesa - Keep the lights on - 2012



Por Tia Rá

Isso é o que dá quando a gente recebe uma dica de filme e vai achano que o filme vai te abalar emocionalmente e psicrogamente e aí quando você termina fica com aquela cara de WTF? Tou esperano que ninguém venha aqui me dizer nada, porque acho que ninguém conhece mesmo esse filme, entaum tá valeno! LOL

Bora lá...

O filme foi noemado pra 4 Independent Espirito Uward, naum que isso signifique alguma coisa boa. Tá até com cotação altas das críticas, naum que isso também signifique coisa boa, porque depois que os críticos aclamaram aquela porcaria trapaceira de Trapaça, num duvido mais nada nesse mundo PQP!

Erik é uma beesha promiscua ativa e proletária, tirada a gás com água e a cineasta famosa, que tá fazeno um documentário e vive se ofereceno no disk sexo pra ter quem comer. Um dia ele descobre uma bee advogada, dadeira que só ela, mas que tem uma namoradinha pra disfarçar a sexualidade. Os dois se juntam, a namoradinha toma um vaza canhão, eles se casam, se amam, aquela coisa toda. O probrema é que Paul é a cara do crack! O bicho fuma um crack que é uma beleza, adora uma coca e uma maconha, cheira mais que aspirador de pó! 

Todo ano novo Paul diz que vai parar de fumar o cachimbo da paz, mas não para, tá lokão das ideia. Erik é uma tebofera de feio, tem cabeção e dente podre de Smeagol, o ator que faz ele é feio que nem o cabrunco. Erik num quer nada com a vida, é um banda voou, na cabeça dele vai virar a Spielberg das viadas e Paul num gosta desse delírio dele. Num guento com o dia em que os dois brigam e passam na cara um do outro e depois vão resolver na cama os pobrema e aí... na hora do vuco vuco selvage, a beesha passa o CHECÃOOOO!!! 


Pausa gente, porque quase tenho um derrame do tanto que eu ri! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk ow ow ow ow aaaaa para CAGUEI!!! kkkkkkkkkkkkkk MORTA feat CREMADA!!! BEST SENA EVA!!!

Os anos vão passano, Paul vai se tratano, mas tem as recaídas e num se importa mais com Erik. Fuma tanto que fica pareceno um cadáver ambulante. Erick até suporta Paul dano que nem uma loka pra um pooto e vai perdeno o tesaum na vagaboonda do Paul. Mas aí os dois brigam, e voltam. Brigam, e voltam. Brigam e voltam. E brigam e voltam mais uma vez. FIM DO FILME.   

Os atores são bem vagaboondos dadeiros, rola de tudo, não são a última bolacha do pacote, mas também não são as misera. A dadeira é a Zachary Booth, bem magricela, com cara de AIDS. O filme tem a Ju Nicholson, a filha lerda que se apaixona pelo irmão tebofera Smaug em Álbum de família!!!! A direção é até boazinha e tals... O problema é que o filme sai do nada pra lugar nenhum. Tipo, depois que acaba a gente fica com aquela interrogação e um PUTAQUEPARIU Q Q ISSO? latejano o tempo todo na nossa cabeça. Sobre o que realmente é o filme, um casal gay com problema conjugal, sexo, amor, vida privada, uma beesha fracassada, meu cool ou tudo junto? OI?


Cota: 0,5/5

Achei boring, achei tosco, achei fake, achei terreiro de macumba completo. Mar vamo combiná que aquela cena de passar o xeke valeu por nossa vida inúteoooo kkkkkkkkkkkkkkkk

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Não gostou? Sugestões? Críticas? Essa é a sua chance de dar a sua opinião porque ela é muito importante para nós! Seja educado e cortês, tenha respeito pelo próximo e por nós, e nada de ofensas, tá? Esse é um espaço democrático, mas comentários ofensivos serão excluídos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...