sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

A ilha dos mortos - 2009



Por Tia Rá

Vemnimim que eu dou FACEOOO
O filme fala da ilha de Pum, onde duas famílias de machos gostosos vivem brigano o tempo todo desde o jardim da infância. Um deles, o véio tebofera de uma das família, é expulso de lá, e a filha dele decide ficar. Entra em cena o povo dos exército liderado por um macho barbudo loko pra papocar um guri. Eles decidem ir pra Pum e acabam se bateno com o véio que foi expulso e quer voltar.

Quando chega lá em Pum já encontra a fia do véio que já virou zumbi e que adora montar cavalo. Os home que ficaram na ilha tão criano zumbi feito gado num curral porque querem educar os coitado (AGUENTA). Os zumbi num gostam de sangue nem de carne de bicho, num comem outra coisa, só gente. No meio disso tudo tá uma nega que é lésbica masculina e soldado. Ela faz siriricada na frente de todo mundo porque num quer nenhum homem, nem o tal do Cisco, um latin lover mixuruca que ela tem que matar porque ele acabou atacado pelos zumbi. 

De repente, PLOT TWIST VAGABOONDO, a gente descobre com cara de poota xokada que o home véio num tem só uma filha, tem duas e são irmã gemea! 


A menina gêmea burra e inútil vai atrás da irmã zumbi achano que ela reconhece a pobre MESMO SENO ZUMBI e tipo, é mordida, claro né... tipo, cena constrangimento total. A interpretassaum da irmã zumbi, aliás, é otchima, mulé anda com as pernas abertas como se tivesse toda cagada. Aí o pai antes de morrer mata a proletária (não a zumbi, a outra que foi mordida mesmo). Termina a lésbica e o casal gay formado por um guri e o macho do exército juntos indo num cruzeiro sabe lá pra onde.

Rilitrossss da relassaum homossexual insinuada pelo capitão do exército e do menino... FOCO NO DIALOGO:

- O pessoal que vivia na minha cidade sempre queria saber da vida dos outros cada minuto dia. Cidades pequenas fazem pessoas pequenas.
- Mas você não é pequeno, é GRANDE  - olhar de poota lasciva quereno dar - Quanto você mede? 1,87? 1,90?
- Eu tinha 1,85, da ultima vez que medi.
- Acho que ainda não cresci totalmente. Quem sabe posso até ficar MAIOR que você.
- Quem sabe, guri. - olhar de maniaco sexual para o menino.

A bee desmaia toda metralhada porque tomou um tiro. Aí a menina fica loka pra salvar o macho. O macho tenta mandar o menino ir embora, mas os dois se ama e num consegue viver longe um do outro. FOCO NO PRINT DA TIA!

Eu num vô sem você, meu home, meu macho! Ai, adoro um home de farda, fico toda excitada!

- Num posso, estou apaixonada, vamo viver junto, eu e você!

- É a chave do meu corassaum, você tomou ela de mim e entrou com tudo, agora ficaremos juntas pra sempre! 
FOCO NO OLHAR DA VAGABOONDA


Eu disse....


SE SEGURA QUE TEM GENTE QUERENO DAR A ROSCAAAAAA!!!!

Aliás, o nome do ator que faz o menino é Deivon Bostik, piada pronta, né povo? Tenho certeza que este é o filme mais gay de George Romero! HAHAAHAHAHAAAA

Vamos aos prints da tia para ilustrar o post! 

Marvel Zombies LOL

Vai ter que aprender braile

Segura ela se não ela come tudo gente!!! kkkkkkkkkk

siririqueiraaaa


hmmmm

gente que caminha na direção errada da cena sem incorporar o papel
kkkkkkkkkkkk



Cota: 1/5

Vagaboondo que só, e num diverte, entedia. Mas me deixou boladissima esses dois personagens enrustidos kkkkkkkkkkkkkkk

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Não gostou? Sugestões? Críticas? Essa é a sua chance de dar a sua opinião porque ela é muito importante para nós! Seja educado e cortês, tenha respeito pelo próximo e por nós, e nada de ofensas, tá? Esse é um espaço democrático, mas comentários ofensivos serão excluídos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...