quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Crônicas de Nárnia - A viagem do peregrino da alvorada - 2010



Por Tia Rá

É o filho de Smaug com a Amana Lepore
Eu assisti o primeiro Nárnia, aquele do leão gay saindo do armário da feiticeira, achei erva da boa, num tinha lido os livros - e nunca lerei. Mas ACEITEI o filme, que doeu menos. Só que aí eu fui brindada com a segunda parte, a Princesa Caspian, e aí meu fio, eu saí do cinema pedino meu dinheiro de vorta. Ali já foi de filme de fantasia tosquinho pra filme trash, bora lá combiná...

Aí, como o segundo tinha flopado, fizeram umas economias pra tirar esse do papel. Quando eu digo economia, tipo, pegaram o que podiam de ator, pagaram os figurantes com marmita e deixaram o resto pra coisa que importa, como os efeitos especiais, né povo? E assim nasceu As crônicas de Nárnia A viadagem da piriguete alvoroçada. Tudo é muito lindinho, tudo é muito bem feitinho, cenário, efeito, etc. Mas tá pra nascer aventura mais sonolenta e um time de atores tão ruins quanto esse, meajudaê gente...

Virgem Maria desce e arrasa pra dar um alô
pros proletário
O trio de teboferinhas é bem tosquinho, mas dificeo mesmo é aturar Ben Barney Simpson, a cabeluda garnier que é uma inutilidade. Num sei que diretor descobriu essa coisa, ou se foi algum executivo ou jogaram ele de paraquedas mesmo, mas por mim ele podia ser devolvido pra barriga da mãe, que bicho ruim, viu meu povo? A traminha é aquela coisa, ao invés de saírem do armário, agora derrubam um quadro que transporta o trio pra Narnia. Todo mundo tá boladíssimo com uma ilha preta onde mora Tia Rá. E tome macumbaria e feitiçaria na viagem, que inclui uma nevoa de enxofre demoníaca atazano todo mundo e a diva branca macumbeira (Tilda Swinton) atentano o povo o tempo todo e quereno IBOPE. MORRE DIABO!

Como se não bastasse, a gente tem que aturar o Eustaquio, esse ser irritante, menino protótipo de drag queen que, na usura pra ficar RYCA, acaba se transformano num dragão xoxo Smaug de pobre, mar que é mais bonito que ele, isso é! Menino feio da peste, volta pro mar oferenda! kkkkkkkkkk Acho interessante o fato de que em Nárnia tem lanterna. Mas como faz quando a bateria acaba? Isso são outros quinhentos. Eu gosto daquela cena da mandinga com o livro dos feitiços, inclusive estou lendo o Livro de Satã, para saber como fazer todas as urucubacas possíveis e destruir todas as inimiga mandano beijinhos nos ombros das proletárias. Também gosto da cena da moreia gigante com cara de bagre bêbado, imagina aquilo o sushi que dava gente, praquele povo que tarra viajano e passano fome? Num gosto é do fato que ela vira uma lacraia no meio do pau e fica rebolano. Num precisarra. 

Tô lynda, tô névoa, tô enxofre, tô cosplay de peido
E na hora que o ratinho vai embora pro além, quem guenta gente? Povo faz aquele dramalhão mexicano por causa do camundongo, RATOEIRA NAQUELA PESTE! RISOS. Adoro os fãs xiitas discutino comigo e pedindo embasamento pra essa zona. Embasamento de cool é peeka, gente. Respeito os livros, qualquer um, até o Kama Sutra, mas bora me facilitar aí... Melhor de tudo é o Aslam evangélico crentelho quereno pregar pros meninos, quase dizeno "VÃO PRA IGREJA REZAR SUAS MISERA!". Faz até a Moisés e a abertura do mar vermelho, isso é que é poder né gente? OI? 

Cota: 1,5/5

Dou nota pela ryqueza da produssaum, é uma festa a fantasia né... porque de resto, num me comoveu. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Não gostou? Sugestões? Críticas? Essa é a sua chance de dar a sua opinião porque ela é muito importante para nós! Seja educado e cortês, tenha respeito pelo próximo e por nós, e nada de ofensas, tá? Esse é um espaço democrático, mas comentários ofensivos serão excluídos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...