sábado, 19 de abril de 2014

O despertar da adolescência - 2003






Por Tia Rá

The Madge Boy (O menino da Madonna, em tradução livre, que ganhou o título de O desabrochar da viadinha, em português) perdeu a mãe quando ela tarra andando de bike e PÁ - a proletária morreu de tanto pedalar. Madge é um menino muito sensivel, num consegue esquecer a mãe que ensinou como acalmar as galinha engolino as cabeça delas. Madge tá naquela fase de querer ser dadeira, mas num entende muito a coisa. Vai se apaixonar logo pelo Perry, que é aquele bad boy que tem um piru kid bengala e adora botar as proletária para fazer ball catchy.

Excitada e loka pra dar, Madge fica quereno pegar no piru de Perry. Perry percebe que ele quer dar, faz o minino se vestir de noiva e estrupa o coitado. Madge acharra que Perry tarra apaixonado por ele e foi lá querer beijin na boca, aí o Perry disse logo que só queria papocar ele e que o Madge era um viadjenho. Mas o Perry tarra quereno ele mesmo, só num sabia comolidar com a boiolice porque o pai espancarra ele pra ele ser home. Sobrou pra Madge chorar desconsolada abraçada com o pai no final do filme depois de matar a galinha de estimação comeno a cabeça da coitada.

Oh, o filme é tão phophinho. Tadinho do retardado do Madge, queria que ele fosse feliz, sabe gente... E o Emilie Vish OI SPEED RACER COMO VAI O FLOP? já tem aquela carinha natural de retardado então combina com o papel. O pai dele, meldels, que maravilha este homem, Richard Jenkins, ator FODA que o povo num reconhece minha gente, que mundo é esse que a proletária da Reese Witherspoon tem um UÓSCAR e um home com este num tem o dele? Vou mimbora pra MARTE! É o apocalipse meu povo!

É uma historinha sem muita profundidade, passa rapidinho, insossinha que é dose, tem a gangue dos bad boys que num serve pra nada a não ser abusar do pobrezin. A gangue aliás tem uma balofa peituda que queria dar pra Perry no banheiro da igreja, soudessas! Mulé quase que adota a galinha do minino, quem guenta gente? 



Mas vamos ao que importa nesse mundo, os scrincaptions da tia!


mama, biscatchy!

bitch, pleaseeee, sou a maior de TODASSSS!

Cospe um poko que melhora

é pra engoli as bola?

Né pra morder naum, diabo! TOMANAKARAPIRANHA!!!

acabano com suas prega

Cospe primeiro que vai doer miseraaaaa

Ai tá doenoooo

Para que já tou toda kagadaaaa

AAAAAAAAIIIIII 
quede KY gente, me ajudaaaaa

num vô guentar vô desmaiá

ai é muito grande, tou toda metralhada

#esfolada


claro que sim, mar num posso, meu pai num deixa

Comi, beijei, gozay, agora vô esnobar  
E eu num sou, porque só comi vc entende? Quem come num é.
A-hã Claudia. Senta lá.

Baby letting goooo aint easeeeeee OWW

ai pai ele num quer mais me comeeerrrr!! TODASCHORA!
Cota da tia: 2/5

4 comentários:

  1. No começo da narrativa achei que fosse sla caipira... Depois achei que fosse uma bixa escrota caipira... No final percebi que era na verdade uma bixa nordestina escrota.

    ResponderExcluir
  2. No começo da narrativa achei que fosse sla caipira... Depois achei que fosse uma bixa escrota caipira... No final percebi que era na verdade uma bixa nordestina escrota.

    ResponderExcluir
  3. Mano, essa foi a crítica de cinema mais desrespeitosa que eu já vi na vida, reveja seus conceitos migs

    ResponderExcluir

Gostou? Não gostou? Sugestões? Críticas? Essa é a sua chance de dar a sua opinião porque ela é muito importante para nós! Seja educado e cortês, tenha respeito pelo próximo e por nós, e nada de ofensas, tá? Esse é um espaço democrático, mas comentários ofensivos serão excluídos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...