terça-feira, 3 de junho de 2014

Eu te amo, cara - 2009



Por Tia Rá

Eu num queria ver esse filme pobre, Eu te amo caralho, mas aí cabei veno pra meu desespero e agora num tenho aquela arma dos home de preto pra me desneuralizar e eu esquecer essa porcaria pra sempre. Paul Rudd faz o papel de beeshinha inrustida que tá doida pra liberar pro cara certo mar num sabe quem será. Ele tá pronto pra casar com uma biskate que num sabe fazer ball catchy porque tem nojin. Paul num tem amigo, o irmão é um viadjenho que pega um home gostoso casado e aí ele fica tentano arranjar aquele amigo que ele vai gostar. Ele chega a arranjar um home e acha que é só amizade, mas o home dá logo umas chupada nele depois do jantar e ele num gosta. Aí, o Paul acaba conheceno um marginal desequilibrado porra loka pé rapado fudido e maconhero que mora numa espelunca, o Sidney. 

Os dois ficam muito amigos e são verdadeiros amantes, se amam demaish. Vão passear juntos, vão a show de rock junto, levam a cadelinha pra dar aquela cagada no passeio da praia, ficam ponhetano juntos e falano de sexo e tals. Aí um dia o Sid é convidado pra ser o padrinho do casamento e pede logo um empréstchimo de oito mil dolar. Tipo, o Paul é tão tapado e retardado que confia em todo mundo e tals. Ele é agente corretor de imóvel e tá pra vender a casa do Lou Ferrado, aquele home que era o Hulk, mas num tá conseguino. Aì o amigo tem a brilhante ideia de pegar o dinheiro e fazer um monte de outdoor com a cara do Paul na cidade, cada um mais proletário que o outro. Aí ela fica revoltada com isso e vai lá tirar satisfassaum e diz que quer a separassaum.  Só que depois ele fica amigo de novo e Paul se casa e pronto, viveram feliz pra sempre.

Sério gente, na boa... Ma tá pra nascer um elenco mais proletário e mendigo nesse mundo né... Paul Rudd, ATÉ QUANDO? O home é a cara do flop, serve pra nada. Além de ser aquele atorzin flopadissimo num sabe fazer nada diferente, vive naquela zona de conforto fazeno papel de gente inutil com aquela cara de idiota já que num sabe fazer nada mesmo então é isso, ACEITA QUE DOI MENOS.  Eu fico impreÇionada com essas comédia americanas, que diz que é comédia, mar eu num consigo rir. 


Será que sou frigida?



Tem a moça que faz o papel da mulé do Paul, a Raxada Jones, menina num tem TPM, tudo pra ela é um mundo de cores e alegrias, casalzin de margarina e tals, mar que num tem aquela pegada, sabe? Num dá o anel porque num sabe fazê a xuca, num engole as bola, numfas no carro de ladinho, faz só aquele arroz com feijão mermo e cabou. Aí o cara vai lá e encontra outro que sabe fazer um ball catchy como ninguém e depois fica se queixano, né amigas? 

Eu acho que eu vi o Jon Fudeu com a Jame Peste (que tem cara de atriz pornô decadente, reparem...) no filme tomano vômito do Paul Rude. Mas isso são otros assuntos que num interessam mermo. Adoray a participassaum do Lou Ferrenho, o Hulk gente, apesar de ter aquela cara de monstro do pântano meets lagoa negra, no filme tá com o corpo fasivel, soudessas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Não gostou? Sugestões? Críticas? Essa é a sua chance de dar a sua opinião porque ela é muito importante para nós! Seja educado e cortês, tenha respeito pelo próximo e por nós, e nada de ofensas, tá? Esse é um espaço democrático, mas comentários ofensivos serão excluídos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...