sábado, 19 de julho de 2014

Mulheres ao ataque - 2014


Por Jason

No descartável Mulheres ao ataque, Cameron Diaz faz o papel de uma mulher, Carly, que se relaciona com um empresário, Mark, o qual parece um príncipe encantado e o homem perfeito. O problema é que ela descobre da pior maneira que ele é casado e a esposa dele, Kate (Leslie Mann), é uma mulher aloprada e acéfala, que está colocando a corda no próprio pescoço por assinar documentos que não sabe nem sobre o que se referem e que poderiam mais tarde incriminá-la.

No começo, as duas acabam se estranhando, mas após muita cachaça, acabam virando amigas e procurando uma maneira de se vingar dele. Ocorre que nesse meio tempo Mark já fez mais uma vítima de suas conquistas baratas, uma mulher mais jovem e ingênua, Amber (Kate Upton), que acreditou em suas promessas de homem divorciado. As duas acabam fazendo amizade com a nova amante e o trio começa a executar um plano de vingança, que inclui bobagens de comédias de quinta, como fazer o homem perder os cabelos, deixá-los com hormônios femininos para não ter mais libido e ficar com tetas, provocar uma diarreia daquelas com uso de purgante na bebida e deixá-lo sem nenhum centavo na conta bancária. Em resumo: uma revanche feminina completa.

Cameron Diaz demonstra timing cômico para a comédia, aqui numa sucessão de clichês infindáveis (vale a esposa traída dar a volta por cima e se tornar bem sucedida no final ou Carly encontrar o amor de sua vida na figura do irmão da esposa), mas é Leslie Mann que rouba a cena, no papel dessa esposa aloprada que vê em Carly a mulher que ela não foi e passa a ter também confiança suficiente para se livrar do encosto do marido. Leslie protagoniza algumas cenas hilárias que envolvem até se fingir de cega usando seu cão ou fazer chantagem emocional para Carly no ambiente de trabalho dela. Quanto a Kate Upton, pouco tem a fazer a não ser cara de paisagem e desfilar de biquíni seus seios fartos e sua bunda caída. Completam o elenco Nikolaj Coster-Waldau, o tal principe encosto, que só melhora no final quando quebra a cara, e Nick Minaj, como a secretária de Carly que tem pouca coisa a fazer mas se sai bem e parece se divertir.

Mulheres ao ataque custou 40 milhões mas arrecadou quase três vezes mais, se pagando, apesar das críticas negativas. É um filme leve e que passa rápido, que apela para escatologia sem necessidade (Kate vomita numa bolsa no meio do bar, o cachorro faz cocô no chão da casa de Carly, Mark tem uma crise de caganeira num restaurante chique, etc); facilmente esquecível, tipica produção de uma sessão da tarde ou num sábado a noite na tv aberta, para se ver quando não houver nada melhor para fazer.

Cotação: 1,5/5

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Não gostou? Sugestões? Críticas? Essa é a sua chance de dar a sua opinião porque ela é muito importante para nós! Seja educado e cortês, tenha respeito pelo próximo e por nós, e nada de ofensas, tá? Esse é um espaço democrático, mas comentários ofensivos serão excluídos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...