quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Dead Rising Watchtower - 2015



http://files.baixefacilfilmes-com-br.webnode.com/200000134-b1941b28ce/Dead_Rising_Watchtower-949038804-large.jpg

Por Jason
 
Dead Rising abre com o repórter Chase tentando escapar de uma horda de zumbis. O filme então retorna alguns dias, quando se revela que uma vacina, o Zombrex, está falhando em conter uma epidemia zumbi, a qual Chase estava cobrindo. Durante o surto, Chase se separa de sua auxiliar, Jordan, e encontra no caminho Crystal, uma mulher que está infectada, e Maggie, que acabou de perder sua filha. Paralelo a isso, há na cidade abandonada e tomada por zumbis uma gangue de lunáticos, que estão matando não só as criaturas como também pessoas normais.

Chase descobre que há uma conspiração do governo com relação aos remédios e enquanto isso tenta sobreviver ao ataque. Paralelo a isso, Maggie (Virginia Madsen, a única capaz de atuar do elenco e a mais conhecida) se ressente de ter tentado matar sua filha e trata a menina como se ela ainda estivesse viva. O exército anuncia que bombardeará a área dentro de 48 horas. Enquanto isso, Crystal e Chase tentam com um celular e o apoio de Jordan, do lado de fora da quarentena, provar que o vírus não é passado pelo ar e que as pessoas sobreviventes ainda podem ser retiradas da área de infecção.

Dead Rising é terrível. Com direção amadora, produção de baixo orçamento, uma trama ordinária e atolada de clichês, o filme não consegue decolar em nenhum momento. Não existe suspense, não há terror, não existe uma sensação de perigo. O elenco é péssimo e é triste ver Virginia Madsen, indicada ao Oscar, pagando um micaço em cena como Maggie, que some do filme de uma maneira ridícula. O líder da gangue vilã, que parece saída do elenco de apoio de Mad Max, é um show de caricatura. Não ajuda em nada as intervenções que correm o filme todo, com cenas de um entrevistado batendo boca com uma jornalista. Sobrevivente de um primeiro surto, ele discute a participação do governo, mote para uma crítica que poderia render alguma coisa se não se perdesse na mediocridade do filme. Com The Walking Dead provando que as produções para a televisão nesse gênero podem funcionar, fica fácil perceber que o filme é mesmo vítima da incompetência dos envolvidos.

O filme trash, lançado diretamente em DVD e streaming em Março auxiliado pela Legendary Digital (braço da Legendary Pictures, atual associada da Universal Studios), é inspirado em um jogo eletrônico de Survival horror com elementos de ação-aventura e RPG desenvolvido pela Capcom - e foi, por sua vez, inspirado no filme Dawn of the dead, de 1978, que quase resulta em um processo por plágio.  Assim como no jogo, em que os personagens usam o que podem como armas, o filme tenta captar essa mecânica, com os personagens improvisando e montando suas armas contra os zumbis. Mas é pouco. Dead Rising, o filme, faz parte mais uma vez dessas adaptações de games que não funcionaram - e que vão parar diretamente no limbo, de onde nunca mais sairão.

Cotação: 0/5

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Não gostou? Sugestões? Críticas? Essa é a sua chance de dar a sua opinião porque ela é muito importante para nós! Seja educado e cortês, tenha respeito pelo próximo e por nós, e nada de ofensas, tá? Esse é um espaço democrático, mas comentários ofensivos serão excluídos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...