quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Titanium - 2014



http://www.goldposter.com/wp-content/uploads/2015/07/Vychislitel_poster_goldposter_com_5.jpg 

 

Por Jason


Em Titanium, um grupo de dez prisioneiros de um planeta colonizado pelo homem é deixado a mercê da superfície para morrerem. Neste planeta, há uma sociedade rígida, uma ditadura governada por um presidente que determina quem deve ser preso e deve ser morto. Segundo informações, há uma possibilidade dos prisioneiros escaparem, desde que atinjam a ilha da Felicidade, um lugar remoto onde vivem refugiados prisioneiros que escaparam da punição. Kristi e Erwin se juntam para seguir o caminho longe do resto do grupo liderado por Houst (Vinnie Jones, o nome mais conhecido do elenco). Os dois passam o tempo todo se desentendendo antes de formarem uma parceria para sobreviverem aos perigos do planeta.

Kristi descobre que Erwin era o conselheiro do presidente dessa sociedade, que por sua vez descobriu como arruiná-la e por isso foi destinado a morrer. Já Kristi foi presa por matar o marido. Enquanto caminham tentando escapar, o grupo de Hust se divide, levando uma traidora do sistema, enviada para encontrar Erwin e matá-lo em troca da liberdade. O lugar é inóspito, coberto por um pântano, ilhas pequenas flutuantes, mares com cachoeiras monstruosas, e com estranhas criaturas carnívoras, semelhantes a vermes que vivem sob o solo, além de formas de vida como fungos parasitas que envolvem suas vítimas como uma teia de aranha. Ou seja, o filme tem um conceito visual interessante, filmado em locais de natureza estranha - mas que é minado pelo trabalho amador de todo o resto da equipe.

O filme, russo, feito com o apoio de um canal de televisão, é uma nulidade impressionante de direção, que não sabe criar uma sequência decente de ação ou de suspense nem montar um filme para dar a agilidade que ele precisa. Embora tenha pouco mais de oitenta minutos, parece durar uma eternidade. Há algo de errado quando num filme o espectador não torce para ninguém, querendo que todo mundo seja liquidado o mais dolorosamente possível. Do elenco, ninguém se salva, todos estão horríveis (Deus sabe como Vinnie Jones foi parar lá) e não ajuda o fato de o herói ser uma espécie de cientista, um ser humano apático, fraco, frio e calculista, que não desperta empatia. Sem essa conexão, Erwin é um personagem insosso que não inspira importância nem emoção no espectador - que não vê a hora de tudo acabar. De brinde, os efeitos especiais são fracos e a trilha sonora é terrível. Fuja enquanto é tempo.

Cotação: 0/5

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Não gostou? Sugestões? Críticas? Essa é a sua chance de dar a sua opinião porque ela é muito importante para nós! Seja educado e cortês, tenha respeito pelo próximo e por nós, e nada de ofensas, tá? Esse é um espaço democrático, mas comentários ofensivos serão excluídos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...