sábado, 16 de janeiro de 2016

Lendas do Crime - 2015




Por Jason


Lendas do crime (Legend, 2015) se passa na Londres da década de 60, quando os irmãos gêmeos Ronald e Reginald Kray (Tom Hardy) eram gangsteres que aterrorizavam a cidade. Por trás de inúmeros assaltos à mão armada, ataques e assassinatos, eles ainda eram donos de uma das casas noturnas mais famosas da cidade. Estavam envolvidos com comércio de drogas, prostituição, chantagem, matavam, espancavam e torturavam quem ficassem no caminho. Mas os dois tinham um conturbado relacionamento e Reginald buscava controlar as tendências psicóticas de seu irmão Ron.

Enquanto Reginald se envolvia com uma mulher, Frances Shea (Emily Browning) cuja mãe era contra o relacionamento, Ron, homossexual, fora declarado insano, paranoico, esquizofrênico e depois de internado em hospital psiquiátrico, liberado para viver em convívio com o irmão sob vigilância para que não arranjasse problemas - problemas que, claro, continuaram a ocorrer em proporções cada vez maiores. Reg também foi preso por crimes mesmo depois de meses de apelação, foi espancado na prisão. A esta altura já estava envolvido com mafiosos americanos e burgueses da cidade quando se casou com Frances, que não suportou a vida que levava e cometeu suicídio aos 23 anos. Reg acabou preso por 33 anos, sendo libertado oito semanas antes de morrer de câncer aos 66 anos em 2000. Seu irmão, condenado a prisão também, morreria de ataque cardíaco cinco anos antes. 

O filme é baseado no livro The Profession of Violence: The Rise and Fall of the Kray Twins de John Pearson, que conta a história real dos gêmeos Kray. Emily Browning é fraca, Tom Hardy é bom ator e esforçado, se desdobra para fazer os dois papeis de maneiras completamente diferentes, mudando gestual e voz, mas faz de Ron quase uma caricatura. Nada consegue suprimir também a sensação de superficialidade da produção. Segundo consta, antes de morrer, Ron teria confessado que possuía uma relação incestuosa com seu irmão, torturava seus inimigos com cortes de lâminas nas nádegas e derramou mais sangue de gente do que o filme faz supor. Mantinha também sórdidas festas sexuais com o politico conservador Lord Boothby, com o qual caçava prostitutos para festas regadas a álcool e sexo, relação pouco explorada no filme. Eram lutadores de boxe quando jovens e quase se tornaram profissionais, por influência do avô - por isso lutavam bem -, mas o fato é atropelado por filme. Não se conhece o passado dos dois, não há carga dramática no filme, não há coadjuvantes interessantes. Junte a isso o fato de que a trama podia ferver mas demora uma eternidade para passar e se tem noção do desastre.

Cotação: 1/5 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Não gostou? Sugestões? Críticas? Essa é a sua chance de dar a sua opinião porque ela é muito importante para nós! Seja educado e cortês, tenha respeito pelo próximo e por nós, e nada de ofensas, tá? Esse é um espaço democrático, mas comentários ofensivos serão excluídos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...