sexta-feira, 28 de abril de 2017

A guerra dos donos do amanhã - 1990




Por Jason

Em 1992 houve 543.767 violentos incidentes em escolas norte americanas.Em algumas cidades as áreas próximas as escolas estavam sendo dominadas por gangues.Em 1997 o numero de incidentes triplicou, e vários setores da cidade já eram dominados pelas gangues.Agora o ano é 1999 e as áreas controladas por gangues se chamam zona de tiro livre,onde a policia não entra. O departamento de Defesa Educacional foi criado para reabrir as escolas e controlar as gangues. A escola Kennedy está localizada no meio da zona de tiro livre e vai ser a primeira a fazer uso do novo sistema educacional,chamado Megatech, que é nada mais nada menos que colocar androides treinados para ação militares como professores.

Neste mesmo tempo, Cody Culp é liberado da prisão e promete entrar no eixo deixando a vida de gangues e drogas para trás e vai voltar para a escola e vai ter que sentir na pele o novo sistema educacional. Drogas,guerras de gangues, estupros, mal comportamento na escola, nada disso será aceito pelos novos professores. Após muitos alunos rodarem na mão dos professores, Cody e a filha do diretor da escola Christie, vão descobrir que os professores não são humanos e vão entrar em guerra com eles.

O filme é mais uma aberração trash que traz no elenco Malcolm McDowell e Pam Grier, como uma das professoras nesse futuro distópico, onde a sociedade se deteriorou. Há uma parte interessante, que é o subtexto da trama absurda: a sociedade se deteriorou a ponto de gerar apenas jovens infratores delinquentes e violentos - o que eles ainda fazem na escola e porque a frequentam é o que não faz sentido algum. Oriundos de famílias cada vez mais perturbadas e envolvidas com drogas, eles são o futuro apocalíptico da nação. O roteiro ainda defende a tese, de que para cuidar os alunos violentos é necessário professores mais violentos obviamente - representados na pele dos androides e principalmente do professor de Educação Física, que trata os alunos na base da porrada até matar um aluno. Mas é muito pouco para sustentar o filme. 

O diretor Mark Lester já era acostumado com filmes absurdos, caso de Comando para Matar (1985) e Chamas da Vingança (1984). O filme foi realizado como uma continuação de Os donos do amanhã, do mesmo diretor, de 1982 e daí em diante só acumulou lixos em sua carreira, assim como McDowell, que topa qualquer coisa para ganhar dinheiro. Há momentos de gritar de rir, como o professor de História que pune os alunos com porradas na bunda. E o que dizer do responsável pelos androides, Dr Forrest, com um par de lentes digna de uma drag queen? Herança dos filmes dos anos 80, é um palco para atuações ruins, plot terrível, sequências de ações ridículas, diálogos horríveis, produção capenga, sangue e violência, prato cheio para os fãs de lixos. 

Filme disponível no youtube.


Cotação: 0/5

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Não gostou? Sugestões? Críticas? Essa é a sua chance de dar a sua opinião porque ela é muito importante para nós! Seja educado e cortês, tenha respeito pelo próximo e por nós, e nada de ofensas, tá? Esse é um espaço democrático, mas comentários ofensivos serão excluídos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...