sábado, 13 de maio de 2017

O asilo sinistro - 1972




Por Jason


O Dr. Martin (Robert Powell) chega a um isolado manicômio, cujos doentes incuráveis estão internados, para ser entrevistado, objetivando um emprego na instituição. Usando uma cadeira de rodas, o autoritário Dr. Lionel Rutherford (Patrick Magee) lhe explica que ele deve a sua incapacidade locomotora a um ataque de um interno, confirmando a sua teoria de que são todos insanos perigosos. Rutherford revela seu plano heterodoxo para determinar a adequação de Martin para o cargo de doutor da instituição. Um dos internos do asilo é o Dr. B. Starr, o ex-chefe do asilo, que teria sofrido um colapso mental e passou a integrar o grupo de doentes. Martin então é desafiado pelo Dr. Rutherford a entrevistar os internos do asilo para descobrir qual deles seria o Dr. Starr. Se a sua escolha estiver correta, ele será contratado para o cargo.

Procurando saber quem é o doutor, ele começa a entrevistar os internos. Bonnie (Barbara Parkins) narra o complô para assassinar Ruth (Sylvia Syms), a esposa de seu amante rico Walter (Richard Todd) que estava envolvida com vodu e macumbaria de primeira qualidade. Uma vez que ele consegue matar a mulher e esquartejá-la, jogando o resto num freezer, os pedaços do corpo da mulher ganham vida em busca de vingança. Em seguida, o alfaiate Bruno (Barry Morse) relata um pedido de Sr. Smith (Peter Cushing) para produzir um terno a partir de um misterioso e brilhante tecido capaz de animar mortos. A terceira entrevistada é Barbara (Charlotte Rampling) que foi acompanhada de perto em casa por seu irmão George (James Villiers) e uma enfermeira, Sra. Higgins (Megs Jenkins). Barbara, porém, sofre de dupla personalidade, uma suposta amiga chamada Lucy (Britt Ekland) que a incentiva a matar. Finalmente Martin entrevista o Dr. Byron (Herbert Lom), que explica que está trabalhando no sentido de transferir alma a um pequeno autômato cuja cabeça é a imagem da sua própria. Byron traz com sucesso seu manequim à vida. O mesmo faz seu trajeto ao escritório de Rutherford e mata-o com uma faca cirúrgica. Então, Martin destrói o manequim, o que resulta na morte de Byron, Martin então busca a verdadeira identidade de Dr. Starr, a qual lhe é revelada.

Essa bomba trash traz elenco conhecido, trazendo Peter Cushing, mais conhecido como o comandante Grand Moff Tarkin de Star Wars 1977, recriado digitalmente recentemente para mais um filme da franquia, Rogue One; uma jovem Charlotte Rampling e Robert Powell. Powell ficou mais conhecido por criar a imagem e semelhança de Jesus Cristo em uma minissérie de Franco Zefirelli, Jesus de Nazaré e em virtude disso sua carreira simplesmente afundou - algo ocorrido, por exemplo, com o ator Jim Caviezel após interpretar Jesus no filme de Mel Gibson, A paixão de Cristo. Depois do personagem, reza a lenda que Powell teve que procurar um psiquiatra. O primeiro segmento é interessante, embora tosco, e o segmento de Charlotte um tanto óbvio, porém com um final bem executado - o resto não traz nada digno de nota. O filme está disponível no youtube.




Cotação: 1/5

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Não gostou? Sugestões? Críticas? Essa é a sua chance de dar a sua opinião porque ela é muito importante para nós! Seja educado e cortês, tenha respeito pelo próximo e por nós, e nada de ofensas, tá? Esse é um espaço democrático, mas comentários ofensivos serão excluídos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...