quarta-feira, 21 de junho de 2017

Chamas da morte - 1981




Por Jason



Também conhecido como A vingança de Cropsy, o filme pega a fama dos slasher movies da década de oitenta, cuja cancela foi aberta no final da década anterior com Halloween (1978) e Sexta-feira 13 (1980). Na trama, a fim de se vingarem de um cruel zelador de acampamento, um grupo de amigos acaba incendiando o zelador de forma acidental. Após 5 anos em um hospital, o zelador recebe alta, mas infelizmente os médicos nada puderam fazer para reverter às terríveis marcas deixadas pelo fogo. 

Assim, o antigo zelador Cropsy, resolve se vingar de todos que o colocaram nesse estado, e armado de uma tesoura de jardinagem parte para sua vingança. Uma de suas vítimas é uma prostituta (horrorosa e péssima atriz), fato que em nada acrescenta a trama. Como no filme de Jason, tudo gira em torno de férias, um lago, um acampamento, mulheres peladas, homoerotismo, jovens que pensam só em sexo e um assassino mascarado a solta. A diferença é que sai o facão afiado de Jason e entra em cena uma tesoura de jardineiro mais afiada ainda, capaz de coisas absurdas como cortar madeira. 

O filme, obviamente, tem o seu derramamento de sangue falso e o suspense capenga - toda vez que o assassino está por perto, a trilha sonora sobe. Há uma transição estranha em tom vermelho entre as cenas e infelizmente, nem todos os personagens morrem, o que é uma pena, já que é um dos maiores metros quadrados de personagens estereotipados e ruins do gênero. Sequências de morte ridículas permeiam todo o filme e personagens burros dão todo o toque para os fãs do gênero. Se os filmes de Jason já eram de segunda classe, esse é insuperável na podreira.

O filme lançou a carreira de ninguém menos que Holly Hunter e a do ator Jason Alexander (conhecido por Uma linda mulher e a sticom Seinfield, dentre outros) mas o grande destaque dessa podreira está atrás das câmeras: os irmãos Weinstein, donos da companhia Weinstein e fundadores da Miramax, foram os responsáveis pelo roteiro. De diferente, há o fato de que o personagem que sofre bullyng e é humilhado pelos outros é o responsável por salvar o dia. Mas é pouco. O filme está disponível no youtube - boa sorte!

Cotação: 0/5


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou? Não gostou? Sugestões? Críticas? Essa é a sua chance de dar a sua opinião porque ela é muito importante para nós! Seja educado e cortês, tenha respeito pelo próximo e por nós, e nada de ofensas, tá? Esse é um espaço democrático, mas comentários ofensivos serão excluídos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...